Revista Contra-Relógio
// Motivação //

Trimestre de 42 km

Edição 267 - DEZEMBRO 2015 - ANDRÉ SAVAZONI

São Paulo em abril, Rio de Janeiro em maio e Porto Alegre em junho, esta é a sequência das três principais maratonas brasileiras em 2016.

Com a realização dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e a restrição de eventos na capital carioca, a Maratona do Rio foi antecipada para o dia 29 de maio (tradicionalmente, estava ocorrendo no final de julho). A de São Paulo será em 24 de abril e a de Porto Alegre está marcada para 12 de junho. Assim, teremos em um trimestre as três principais provas brasileiras, em sequência, em 2016.
O planejamento, seja das viagens quanto dos treinos, tem de começar já, pois para quem escolher a prova paulistana, quatro meses passam rápidos. As inscrições estão abertas (assim como para o Rio de Janeiro, que tem uma procura maior e merece uma atenção especial para não se ficar sem vaga). Tradicionalmente, a programação de Porto Alegre acaba sendo divulgada cerca de três meses antes do evento; assim, fique atento ao site do organizador.
Em termos de comparação, são três provas com características diferentes. Porto Alegre tem o percurso mais plano e uma grande possibilidade de clima frio, como ocorre normalmente no mês de junho na capital gaúcha. Mas é uma corrida com pouca gente nas ruas e sem atrativos visuais. Cresceu em 2015, com 2 mil concluintes, e deve aumentar ainda mais em 2016, por ser (teoricamente) a mais favorável para boas marcas. Na questão da hospedagem, também é a mais barata das três, assim como nos custos de alimentação. Para estrear nos 42 km ou buscar um recorde pessoal, trata-se de uma excelente escolha. Segundo o Corpa, o percurso sofrerá algumas modificações em relação ao deste ano, mas ainda não foi divulgado oficialmente.
O Rio de Janeiro conta com o maior número de participantes, o trajeto mais bonito (principalmente na segunda metade, da Barra da Tijuca até o Aterro do Flamengo, passando por São Conrado, Ipanema, Leblon e Copacabana), largada cedo e o atrativo de ser disputada na cidade olímpica, que estará com a "cara" do evento. Porém, será no final de maio e, então, o clima se torna uma grande incerteza, com a possibilidade até de forte calor. Outro ponto a avaliar é a questão da hospedagem, mais cara no Rio no ano que vem, também devido aos Jogos Olímpicos.
As inscrições para maratona carioca estão abertas pelo site oficial, ao preço de R$ 120. Este ano, as vagas acabaram bem antes, então, como ocorre com corridas internacionais, é preciso garantir presença logo. Pelo visual e boa presença de corredores, também se torna uma opção interessante para os estreantes nos 42 km. Ao mesmo tempo, ocorre uma meia e a Olympikus Family Run, de 6 km, a primeira muito procurada e cujas inscrições se encerram bem antes das demais.
Já São Paulo tem o percurso intermediário dos dois, sendo mais próximo ao do Rio em termos de altimetria, uma ampla rede hoteleira e os atrativos da capital paulista na questão gastronômica e de opções de lazer, além do fácil acesso à área da largada/chegada. Porém, o horário da prova está longe de ser o ideal e o percurso, apesar de algumas áreas interessantes, não é muito atraente.
As inscrições para São Paulo também estão abertas e custam R$ 135 (com R$ 10 de desconto no pagamento em boleto bancário, além de 10% para os assinantes da Contra-Relógio). Além dos 42 km, há mais duas provas (5 e 15 milhas - a razão para a distância em milhas parece ser dificultar a comparação com o que marca o GPS, no final), além de uma caminhada.

Publicidade


PROGRAME-SE


São Paulo
24 de abril
www.yescom.com.br
Inscrições abertas


Rio de Janeiro
29 de maio
www.maratonadorio.com.br
Inscrições abertas


Porto Alegre
12 de junho
www.corpa.esp.br
Inscrições em 2016

Deixe o seu comentário


Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados