Revista Contra-Relógio
// Comrades //

Que tal encarar os 89 km da Comrades?

Edição 183 - DEZEMBRO 2008 - TOMAZ LOURENCO

A data já está marcada: dia 24 de maio, largada às 5h30 em Pietermaritzburg, em direção a Durban, no litoral da África do Sul, percorrendo-se a distância de 89 km. Para quem não sabe, estamos falando da mais famosa ultramaratona do mundo, a Comrades, com seus 12 mil participantes, muita festa e muita gente apoiando por todo o percurso.


Quando me perguntam qual maratona, das muitas que já fiz, eu mais gostei, sempre digo que é difícil responder, pois cada uma tem suas características, suas peculiaridades. Mas se quiserem saber a que mais me marcou, não tenho dúvidas: a Comrades!

Publicidade


Aliás, o slogan da prova é "It will define you", ou seja "Ela vai marcar você", e não por acaso. A sua vida muda nos meses que antecedem a corrida e também depois, porque você passa a ser outra pessoa. Calma... não é nada radical, apenas a sensação é estranha. Vou explicar.


Mesmo para quem já correu maratonas, a decisão de fazer a Comrades é arrebatadora. Lógico que a preparação para a primeira maratona costuma ser bastante significativa na vida de qualquer um, mas nada que a vire de ponta-cabeça.


Já para a Comrades a diferença começa já na hora de optar pela prova. É necessário que a decisão seja firme, animadora, alegre, positiva. Este espírito é fundamental para que os 4 a 5 meses de treinamento sejam encarados não como sacrifício, mas como algo muito bom, como uma preparação para um desafio que se quer (porque quer...) vencer. Se não houver essa predisposição, não tem sentido (no meu modo de ver) pensar em fazer a Comrades.


E para quem ainda não se convenceu de encarar os 89 km? Bem, para estes, o ideal é que leiam os relatos sobre essa ultramaratona no site da revista. Dessa maneira, irão entender porque fazer essa prova é algo muito especial, que muda sua vida (para melhor...).


FAZER A COMRADES É FÁCIL... BASTA:


- Ficar super entusiasmado com a decisão (no gênero "só penso nisso")


- Ter já uma boa bagagem de corrida, de preferência com algumas maratonas
nas costas


- Se já não for muito magro, colocar como prioridade baixar peso, objetivando um visual de "quase queniano"


- Ir sempre animado para os treinos, de forma que eles sejam prazerosos e nunca um sacrifício


- Procurar fazer religiosamente os longões crescentes nos fins de semana


O TREINO QUE FIZ (E QUE FUNCIONOU)


Em 2007 fiz a Comrades (em descida no terço final) em 10h57. No ano seguinte, melhor treinado e mais magro, completei em 10h12, apesar do percurso ser para cima (no terço inicial). Fui o 27º entre os 285 competidores da faixa etária 60 anos ou mais.


Não houve grandes mudanças no treinamento em 2008, apenas me preparei correndo um pouco mais rápido, talvez devido ao menor peso. E sinceramente não foi uma preparação desgastante, que exigiu uma dedicação ao extremo. O segredo deve estar na evolução gradativa das quilometragens, que faz o corpo não sentir a mudança.


Se fosse participar novamente em 2009, eu faria apenas uma mudança: o último longão (de 8 horas) correria duas semanas antes da prova e não quatro semanas antes, como fiz. Sendo realizado em ritmo confortável, não se fica desgastado e o corpo fica preparado para os 89 km duas semanas depois.


Minha proposta de treinamento para a Comrades é relativamente simples. Compreende 3 dias de musculação, 3 de corrida e 1 de descanso. Vamos a eles:


Segunda, quarta e sexta:
Musculação geral (1 hora), incluindo abdominal


Terça: Rodagem confortável (1h janeiro / 1h30 fevereiro /
2h março / 2h30 abril / 3h maio)


Quinta: Rodagem confortável (1h30 janeiro / 2h fevereiro /
2h30 março / 3h abril / 3h30 maio)


Sábado: Descanso


Domingo: Longão em ritmo confortável (começando com 2h em meados de janeiro e aumentando 20 minutos, depois meia hora, a cada semana); assim, no começo de fevereiro longo de 3h, no começo de março longo de 4h, no inicio de abril 5h30, dia 10/5 o de 8h, no domingo seguinte 4h e pronto para viajar. Também acho interessante intercalar dois treinos de ritmo (mais rápidos que os longões) para dar uma "acordada" no corpo.


MARATONA DE FLORIPA COMO SELETIVA PARA A COMRADES


A Maratona de Santa Catarina será dia 19 de abril e portanto pode ser considerada como qualificatória para a inscrição da Comrades. A prova sul-africana exige que o inscrito tenha feito uma maratona até dia 28/4, servindo o resultado obtido como definidor da baia de largada. Mas atenção: as inscrições precisam ser feitas no site www.comrades.comaté dia 31/3; o resultado pode ser enviado depois. E a participação em Floripa traz ainda a vantagem de permitir um treino de ritmo, antes dos três grandes longões, de 6, 7 e 8 horas.


Veja a altimetria da Comrades em descida

Deixe o seu comentário


Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados