Revista Contra-Relógio
// Estatísticas //

Números das maratonas

Edição 269 - FEVEREIRO 2016 - ANDRÉ SAVAZONI

No ano passado, 138 homens correram os 42 km abaixo de 2h10 e 139 mulheres foram sub 2h30.

A disputa pelos primeiros lugares nas maratonas está cada vez mais intensa, especialmente em ano de Jogos Olímpicos (em agosto, no Rio de Janeiro). No ano passado, não tivemos a quebra do recorde mundial nos 42.195 m, porém, 138 atletas correram a distância em menos de 2h10 - como comparação, no Brasil, em toda a história, apenas 8 brasileiros podem ser incluídos nesse grupo (veja no quadro).
Alguns dados chamam a atenção. Dos 18 maratonistas mais rápidos do mundo em 2015, temos 12 quenianos e 6 etíopes. Se fizermos a separação nos 100 melhores tempos do ano (há igualdade em marcas e repetição de nomes, então a relação tem mais de cem maratonistas), essa supremacia fica ainda mais evidente: são 43 corredores da Etiópia e 68 do Quênia! Os dois resultados mais rápidos foram obtidos pelo mesmo atleta: o queniano Eliud Kipchoge, com 2:04:00 em Berlim e 2:04:42 em Londres, nas duas vitórias dele em Majors. O outro atleta a correr sub 2h05 na temporada passada foi o também queniano Wilson Kipsang, com 2:04:47, na segunda posição em Londres. Lembrando que o recorde mundial atual é de Dennis Kimetto, do Quênia, com 2:02:57 obtidos em Berlim-2014.
O recorde sul-americano e brasileiro segue com Ronaldo da Costa, com 2:06:05 de Berlim-1998 (na época, também a melhor marca do mundo). Depois disso, quem chegou mais próximo foi Marilson Gomes dos Santos com 2:06:34 em Londres-2011. Como comparação, apenas na temporada de 2015, 11 maratonistas fizeram tempos mais rápidos que o de Ronaldo (7 quenianos, com Kipchoge duas vezes, e 4 etíopes). O líder do ranking nacional no ano passado foi Marilson com os 2:11:00 em Hamburgo, o que lhe colocou na posição 191 (sem repetição de nomes) no mundo. Já Paulo Roberto de Almeida Paula, com 2:11:02, em Fukuoka, aparece na colocação 196.
Os dois não africanos melhor colocados no ranking mundial do ano passado foram Shumi Dechasa (2:07:20 em Tóquio), do Bahrein, em 34º lugar, e o japonês Masato Imai (2:07:39 em Tóquio), na posição 40. A relação completa das estatísticas da IAAF pode ser obtida em http://migre.me/sFsHz.

Publicidade


MULHERES - No feminino, a comparação com o Brasil é ainda mais radical. Pelo ranking da IAAF, 139 corredoras completaram uma maratona em menos de 2h30 no ano passado. Em toda a história, somente três corredoras nacionais atingiram essa marca: Carmem de Oliveira com 2:27:41 (Boston-1994), Adriana Aparecida da Silva com 2:29:17 (Tóquio-2012) e Márcia Narloch com 2:29:59 em Hamburgo-2003.
A supremacia, como entre os homens, é dividida entre Quênia e Etiópia. No top 10, temos 3 quenianas, 6 etíopes e 1 queniana naturalizada pelo Bahrein. Assim, a primeira não africana é a ucraniana Tetiana Shryrko com 2:22:09 em Osaka, seguida pela japonesa Sairi Maeda (2:22:48 em Nagoya).
A mais rápida de 2015 nas maratonas foi a queniana Gladys Cherono Kiprono, com 2:19:25 na vitória em Berlim. Ela tem também o quarto melhor tempo, com 2:20:03 em Dubai. Na segunda posição no ranking do ano passado está a etíope Mare Dibaba, com 2:19:52 em Xiamen, na frente da compatriota Aselefech Mergia, com 2:20:02 de Dubai. Tivemos 43 mulheres (algumas, mais de uma vez) sub 2h25 na maratona no ano passado. O recorde mundial pertence à britânica Paula Radcliffe, já aposentada, com 2:15:25 em Londres-2003. A brasileira mais veloz nos 42.195 m no ano passado, Adriana Aparecida da Silva, que fez 2:35:28 em Nagoya, aparece apenas no 335º lugar no ranking mundial da IAAF.


Os dez maratonistas mais rápidos de 2015*
Posição Nome (país) Tempo Local
1 Eliud Kipchoge (Quênia) 2:04:00 Berlim
Eliud Kipchoge (Quênia) 2:04:42 Londres
2 Wilson Kipsang (Quênia) 2:04:47 Londres
3 Eliud Kiptanui (Quênia) 2:05:21 Berlim
4 Berhanu Lemi (Etiópia) 2:05:28 Dubai
5 Mark Korir (Quênia) 2:05:49 Paris
6 Dennis Kimetto (Quênia) 2:05:50 Londres
7 Lelisa Desisa (Etiópia) 2:05:52 Dubai
7 Stephen Kibiwott Chebogut (Quênia) 2:05:52 Eindhoven
8 Deribe Robi (Etiópia) 2:05:58 Eindhoven
9 Endeshaw Negesse (Etiópia) 2:06:00 Tóquio
9 Mark Kosgei Kiptoo (Quênia) 2:06:00 Eindhoven
Deribe Robi (Etiópia) 2:06:06 Dubai
10 Wilson Loyanae Erupe (Quênia) 2:06:11 Seul
*Com base no ranking da IAAF e sem a repetição de nomes


Brasileiros sub 2h10 na história*
Tempo Nome Local
2:06:05 Ronaldo da Costa Berlim 1998
2:06:34 Marilson Gomes dos Santos Londres 2011
2:08:26 Andre Luiz Ramos Boston 1998
2:08.31 Vanderlei Cordeiro de Lima Tóquio 1998
2:08:56 Luiz Antonio dos Santos Roterdã 1997
2:09:11 Gedeon Camilo de Carvalho Porto Alegre 1998
2:09:36 Eder Moreno Fialho Chicago 1999
2:09:55 Osmiro Souza Silva Marrakesh 1991
*Fonte CBAt


As dez maratonistas mais rápidas de 2015*
Posição Nome (país) Tempo Local
1 Gladys Cherono Kiprono (Quênia) 2:19:25 Berlim
2 Mare Dibaba (Etiópia) 2:19:52 Xiamen
3 Aselefech Mergia (Etiópia) 2:20:02 Dubai
Gladys Cherono Kiprono (Quênia) 2:20:03 Dubai
4 Lucy Wangui Kabuu (Quênia) 2:20:21 Dubai
5 Aberu Kebede (Etiópia) 2:20:48 Berlim
6 Shure Demise (Etiópia) 2:20:59 Dubai
Aberu Kebede (Etiópia) 2:21:17 Dubai
7 Mulu Seboka (Etiópia) 2:21:56 Dubai
8 Eunice Jepkirui Kirwa (Bahrein) 2:22:08 Nagoya
9 Tetiana Shmyrko (Ucrânia) 2:22:09 Osaka
10 Sairi Maeda (Japão) 2:22:48 Nagoya
*Com base no ranking da IAAF e sem a repetição de nomes


Deixe o seu comentário


Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados