Revista Contra-Relógio
// Estatísticas //

Mercado de corrida dos EUA tem desaceleração

Edição 273 - JUNHO 2016 - ANDRÉ SAVAZONI

Pelo segundo ano consecutivo, agora com uma queda mais acentuada de 9%, diminui o total de concluintes em todas as distâncias; mercado fala em uma acomodação normal.

O considerado segundo boom de corridas nos Estados Unidos parece estar recuando ou sofrendo uma acomodação no total de concluintes de provas, de acordo com a análise do mercado. Essa segunda queda consecutiva está sendo influenciada pelas distâncias não tradicionais, apesar de maratonas, meias, 10 km e 5 km também terem apresentado uma redução de corredores entre 2014 e 2015, com base no balanço do Running USA (www.runningusa.com).
Depois de mais de duas décadas de aumentos consistentes e muitas vezes de dois dígitos, o número de atletas amadores completando corridas de rua diminuiu em 2015. A redução foi por uma margem mais significativa do que em 2014, quando os totais de finishers tinham caído 1%. O pulo entre 1990 e 2013 foi de 5 para 19 milhões participantes de corridas de rua. Em 2015, segundo o balanço anual, foram 17,1 milhões de pessoas completando uma corrida: uma diminuição de 9% na comparação com 2014.
Para muitos na indústria, os dados indicam um dimensionamento correto e saudável em um setor que segue em expansão e incrivelmente forte, se analisarmos os negócios que envolvem o mundo das corridas, como patrocínios e comercialização de materiais esportivos, como tênis, roupas e relógios, principalmente com GPS.
Embora o número absoluto de corridas realizadas nos Estados Unidos em 2015 tenha aumentado em 2.300 eventos (30% em relação a 2014, chegando a 30.300 provas organizadas no país no ano passado), caiu o total de corridas com mais de 30 mil concluintes de nove em 2014 para seis em 2015. Além disso, cada distância viu um declínio de pelo menos 3%, com a maratona e os 5 km caindo 8%, e os 10 km menos 9% (veja os números nos quadros).
Mesmo assim, o total absoluto de 17.114.800 concluintes em 2015 é o terceiro maior da história, bem distante da quarta posição no ranking, os 15,5 milhões de 2012. Outro dado interessante é que as mulheres são maioria no geral, com 9,7 milhões de corredoras, ou seja, 57% dos finishers em provas realizadas nos Estados Unidos, contra 7 milhões dos homens. Mais da metade dos corredores têm entre 25 e 44 anos. Estatisticamente, os 5 km mantiveram a posição de número 1 no ranking norte-americano, com 7,6 milhões de corredores, enquanto a meia-maratona novamente ocupou a segunda posição (12%) e os 10 km a terceira (7%).

Publicidade


BALANÇO NORTE-AMERICANO
Distância Concluintes em 2015 % do total 2015 para 2014
5 km 7.643.600 45% -8%
21 km 1.986.600 12% -3%
10 km 1.275.600 7% -9%
42 km 509.000 3% -8%
Outras dist. 5.700.000 33% -12%
Total 17.114.800 - -9%
Fonte: Running USA (www.runningusa.com)


NÚMERO DE CORRIDAS NOS ESTADOS UNIDOS
Enquanto o total de participantes caiu, o de eventos aumentou.
Em 2015 foram 30.300 corridas organizadas nos Estados Unidos, um crescimento de 8% em relação aos 28.000 de 2014.
Distância Eventos em 2015 % do total 2015 para 2014
5 km 16.500 54% 9%
10 km 4.200 14% 14%
21 km 2.700 9% 8%
8 km/5 milhas 1.200 4% -14%
42 km 1.100 4% 0%
Outras dist. 4.600 15% 10%
Total 30.300 - 8%
Fonte: Running USA (www.runningusa.com)

Deixe o seu comentário


Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados