Revista Contra-Relógio
// Turismo //

Maratona e Meia das Bahamas

Edição 271 - ABRIL 2016 - FERNANDA PARADIZO

Para correr e se divertir em um paraíso, no mês de janeiro.

Se você está procurando uma maratona ou meia para fazer em janeiro ou quer aproveitar as férias na Flórida para dar uma esticada para um lugar mágico, não precisa ir muito longe. Situada a apenas 290 km dos Estados Unidos, o arquipélago das Bahamas é um dos principais destinos de cruzeiros de fim de semana, que saem de Miami rumo a essa ilha paradisíaca.
Sua mais famosa corrida, a Maratona das Bahamas - ou Sunshine Marathon, como também é conhecida - acontece no terceiro final de semana de janeiro, na capital Nassau, e tem início e chegada à beira-mar, proporcionando cenários belíssimos aos corredores. Por ser um lugar turístico, mais da metade dos participantes são estrangeiros.
Junto com a maratona, acontece também uma meia e um revezamento de quarteto, com largada e chegada no mesmo local. O evento não é muito grande, mas com certeza surpreende em organização e animação. São cerca de 1,1 mil participantes didividos nas três provas.
O percurso é quase totalmente plano e, na chegada os corredores são brindados com um belo banho de mar nas águas cristalinas da praia de Junkanoo, com direito a show musical e muita cerveja.
A trajeto larga à beira mar, na Praia de Junkanoo, e passa por vários pontos turísticos de Nassau, incluindo o pitoresco centro da cidade, com sua histórica arquitetura. Depois de atravessar a ponte que dá acesso à Paradise Island e logo em seguinda retornar pelo mesmo caminho (as únicas leves subidas da prova), o percurso segue num percurso todo à beira-mar, de ida e volta, até cruzar a linha de chegada na Arawak Cay, que fica a apenas três quarteirões da largada.
A prova é certificada, ou seja, tem percurso devidamente aferido, e vale como qualificação para Boston. O limite para o término da maratona é de 6 horas.

Publicidade


SOBRE NASSAU. Apesar de ser mundialmente conhecido como um dos principais destinos dos pequenos cruzeiros que saem de Miami, para uma esticadinha rápida para essa ilha paradisíaca e pelos seus resorts, o Arquipélago das Bahamas, que fica bem perto de Cuba, é com certeza muito mais do que isso.
E o grande tesouro do local é sem dúvida as ilhas mais afastadas, que oferecem imagens fascinantes de um paraíso perdido. São mais de 700 ilhas e ilhotas formadas por recifes de coral. A ilha foi descoberta por Cristóvão Colombo em 1492 e passou para o domínio britânico no século 17.
Nassau é capital e a principal porta de entrada para quem chega de cruzeiro ou de avião. A cidade possui um dos maiores portos do Caribe. O centrinho de Nassau, que é todo colorido, é pequeno e dá para conhecer muita coisa apenas numa gostosa caminhada. Para locais mais distantes, sempre há táxis disponíveis. Não deixe de visitar o Fort Charlotte para saber um pouquinho da parte histórica da cidade e como funcionava o antigo sistema de defesa da região. Há inúmeras opções de praias, como Cabbage, Love Beach e Cable.
Mesmo que vá ficar pouco tempo por ali, inclua no seu roteiro passeios de barco, mergulhos e outras atividades aquáticas. Vale também colocar na sua programação uma visita ao John Watling's Distillery para conhecer um pouco da história do rum nas Bahamas.
O famoso hotel Atlantis, que fica na Paradise Island e foi criado em 1998, uma ilhota considerada o principal balneário da capital, já serviu de cenário para vários filmes, concursos de miss e muitas outras atrações. O complexo que compreende a ilha funciona como uma cidade à parte, com tudo o que você precisa para se divertir, como restaurantes, lojas, cassino, boate, parque aquático com várias atividades (mergulho, nado com golfinhos), praia, piscinas e até uma marina. Para chegar lá, você pode pegar os barcos para fazer a travessia ou mesmo ir caminhando pela ponte. Vale comprar um ticket para aproveitar toda a infra-estrutura do parque aquático.


VISTO. Brasileiros não precisam de visto para entrar na cidade. É só apresentar o passaporte válido. Se o vôo passar pelos Estados Unidos, você precisará ter visto de entrada, mesmo que seja só de passagem.


MOEDA. Bahamas tem sua própria moeda, mas o dólar americano é aceito em qualquer lugar.


VACINA. Para entrar em Bahamas, é preciso apresentar certificado internacional de vacina contra febre amarela. Eles podem não pedir quando entrar no país, mas é bom não arriscar.


ONDE FICAR. Os organizadores fazem parceria com o British Colonial Hilton Nassau, que disponibiliza diárias a partir de U$ 179.


COMO CHEGAR. Para quem vai direto do Brasil, sem passar pelos Estados Unidos, a empresa Copa é a melhor opção, com uma parada no Panamá, partindo de São Paulo ou Rio de Janeiro. A TAM opera voos São Paulo-Nassau com parada em Miami e a Azul faz o trecho Campinas-Nassau com parada em Fort Lauderdale (EUA). American Airlines faz o mesmo trecho via Nova York, partindo de São Paulo e também do Rio de Janeiro.
Hoje você gastaria algo entre 700 e 1.000 dólares na compra de um bilhete aéreo para Nassau, partindo de SP ou Rio. Este preço com certeza sobe à medida que a data da viagem se aproxima. Portanto, o quanto antes se programar, melhor, principalmente para a época de janeiro.
Se já estiver nos Estados Unidos, várias companhias operam os voos para Nassau. Do sul da Flórida (Miami ou Fort Lauderdale) até lá, são apenas 30 minutos de viagem. Outra boa opção para quem já estiver nos EUA é embarcar num minicruzeiro a partir da Flórida, que também costuma fazer outras ilhas, como as Virgens, Jamaica e Saint Maarten, e aí incrementar ainda mais o seu passeio.


Maratona das Bahamas
Data: 15/01/2017
Local: Nassau, Bahamas
Provas (distâncias): Maratona, meia e revezamento
Participantes: 1,1 mil
Temperatura: De 15 a 20 graus
Descrição do percurso: Quase todo plano, com início e chegada à beira-mar, proporcionando aos corredores cenários belíssimos de praia.
Inscrições: Podem ser feitas pela internet, no active.com (acesso pelo site oficial da prova) ao valor de U$ 80 a U$ 110 para a maratona, de U$ 70 a U$ 100 para a meia e de U$ 210 a U$ 300 para o revezamento (quarteto), até 10 de janeiro de 2017. O valor varia dependendo da data. É possível fazer inscrição na Expo, se houver sobra de vagas.
Início da prova: Às 6 horas para todas as distâncias
Largada: Na Praia do Junkanoo
Chegada: Arawak Cay (cerca de 3 quarteirões da largada)
Premiação: Medalha para todos os concluintes, prêmio em dinheiro para os 3 primeiros colocados no geral e na categoria máster (acima de 40 anos), especial para os 3 melhores das faixas etárias na maratona e na meia. Para o revezamento, premiação para as 3 melhores equipes masculinas, femininas e mistas (2 homens e 2 mulheres)
Site oficial: www.marathonbahamas.com

Deixe o seu comentário


Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados