Revista Contra-Relógio
// Cobertura //

Maratona de Curitiba

Edição 291 - DEZEMBRO 2017 - ANDRÉ SAVAZONI

Disputada no dia 19 de novembro, a prova paranaense, a última oficial do Brasil em 2017, contou com 2.158 concluintes.

Neste ano, a prova foi organizada pela primeira vez pela empresa Global Vita, que venceu a licitação aberta pela Prefeitura de Curitiba, proprietária do evento. O percurso foi o tradicional, com largada e chegada no Centro Cívico, com os 42 km mesclando subidas e descidas, principalmente na primeira metade, sendo uma das maratonas mais difíceis do país. O ponto positivo foi o clima, nublado a maior parte do tempo e com temperatura amena, em torno de 16ºC, saindo o sol somente próximo do meio-dia.
Na elite, a primeira colocação foi de atletas da Tanzânia, tanto no masculino quanto no feminino. Em terceiro lugar, o melhor brasileiro: Samuel Ribeiro, que fechou a prova em 2:24:30. Janete Tedesco, de Santa Catarina, ficou com o segundo lugar (2:48:46), seguida de Adriana Domingos da Silva (2:49:04).
A Global Vita contabilizou que dos 6,5 mil inscritos em todo o evento, 40% eram de pessoas vindas de outras localidades. Os resultados completos da Maratona de Curitiba podem ser conferidos em www.chiptiming.com.br

Publicidade


DEPOIMENTOS
"Achei excelente a organização, desde a entrega dos kits até o próprio kit, muito bonito. Cheguei e fui atendida na hora com pessoas orientando e informando sobre todos os passos. Os postos de hidratação a cada 3 km estiveram bem posicionados. O que achei legal foi que até no trânsito respeitaram desta vez. Acho que a organização acabou sendo mais firme, porque nos outros anos o pessoal dos carros foi muito mal educado, xingando e tentando furar os bloqueios. Esta vez foi a mais tranquila que notei."
Marisa de Fátima Esmanhotto, de Curitiba


"Trabalho bem legal da organização. Expo pequena, em um salão de convenções de um hotel. Camisas de cores diferentes e medalhas também em cada distância. As filas para retiradas do kit fluíram rapidamente. Chegamos no sábado no horário de pico, diretamente do aeroporto, sendo atendidos em seguida. A temperatura estava boa, largamos com 16 graus, em média, nublado. Somente no final que deu uma esquentada. Clima perfeito para correr. Estrutura excelente nos 42 km, muita água, staffs atenciosos, sempre ajudando. Houve ainda um pouco do problemas com as bicicletas, mas melhor organizado e informado do que em anos anteriores. Somente o número de banheiros químicos, principalmente para a largada, deveria ser maior."
José Maria Júnior, de Atibaia


"Retirada dos kits ocorreu em três dias. Na quinta-feira somente para as assessorias esportivas. Na sexta-feira e no sábado para o público em geral. Em um hotel bem centralizado em Curitiba, com acesso pelo transporte público. Uma boa divulgação nas redes sociais. Fui tanto na quinta-feira quanto na sexta, tudo bem tranquilo nos horários em que estive lá. Dava para fazer a transferência da inscrição de atleta na hora. Eram 12 guichês para a entrega dos kits e dois para essa troca de nome. Bom ressaltar também que a Global Vita, que venceu a licitação, teve somente dois meses para organizar a prova. O valor das inscrições esteve abaixo das médias das maratonas brasileiras, paguei R$ 89 pelo kit padrão. Tinham também várias bandas de rock pelo caminho. Achei isso sensacional."
César Condratti, de Curitiba


"O que surpreendeu neste ano foi que a entrega dos kits saiu da Procorrer, onde era sempre realizada, e foi para um grande hotel de Curitiba. Estive lá na sexta-feira e tudo funcionou bem. Os números de peito já vinham com a marcação de onde as pessoas deveriam se posicionar na largada. As pessoas tinham de respeitar as orientações. Houve confusão novamente com a falta de educação de motoristas. Em um dos casos acabei me envolvendo para proteger um dos fiscais de via. Medalhas com modelos e fitas diferentes nas distâncias. Separação boa no revezamento em duplas, sem atropelo tanto para o pessoal dos 21 km quanto para os dos 42 km. Curitiba está aos poucos percebendo que a maratona é um evento de grande porte que pode trazer benefícios para a cidade."
Maurício Geronasso, de Curitiba

Deixe o seu comentário


Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados