Revista Contra-Relógio
// Turismo //

Maratona da Jamaica: para correr e dançar

Edição 283 - ABRIL 2017 - FERNANDA PARADIZO

Opção é interessante, por ser plana e bonita, em um período escasso de provas lá fora (dezembro).

Correr uma prova na Jamaica vai com certeza lhe proporcionar lembranças de uma viagem inesquecível. O reggae estará presente em todos os lugares, inclusive nos pontos de animação a cada milha. A prova, realizada em Negril, larga na Long Bay Beach Park, onde está situada a Seven Mile Beach, famosa pelos seus 12 km de areia branca. O percurso, predominantemente plano, passa pela cidade de Negril e segue em direção a Green Island. A chegada é na Seven Mile Beach.
Chama atenção no evento a alta premiação, de 10 mil dólares divididos para os primeiros colocados geral e máster do masculino e feminino, da maratona e da meia, o que torna a disputa bem concorrida.
A largada acontece bem cedo, com o dia ainda escuro, exatamente para escapar um pouco do calor e da umidade da região. Esta será a 14ª edição da prova, que reúne participantes de várias partes do mundo, principalmente dos Estados Unidos, uma vez que a ilha fica a apenas 40 minutos de voo de Miami e é a época do ano em que os norte-americanos aproveitam para viajar para as ilhas caribenhas, para fugir do inverno rigoroso nos EUA.

Publicidade


PRAIAS LINDÍSSIMAS. A cidade de Negril é o destino jamaicano mais procurado por mergulhadores por causa dos seus corais coloridos e pela diversidade marinha. O fuso é de menos 4 horas em relação a Brasília. A língua oficial é o inglês e a moeda que circula por lá é o dólar jamaicano, bem desvalorizado em relação ao norte-americano. Aliás, não é um local dos mais baratos para viajar, mas para quem procura um local diferente, regado a belezas naturais e embalado pelo contagiante ritmo de reggae, vale conhecer.
Negril e seus arredores são uma região com praias lindíssimas, protegidas por barreiras naturais de recifes. Mas não é só isso. Ainda que a ilha seja pequena, há lugares que merecem ser explorados. Afinal, nessa pequena ilha da Jamaica você terá a oportunidade de curtir o dia em cachoeiras de águas cristalinas e lagoas paradisíacas e avistar penhascos de rochas calcárias contrastando com o lindo azul turquesa do mar e de onde é possível ver um dos mais lindos por-do-sol do Caribe.
Aproveite para visitar o Rick's Café, onde é possível ver os mergulhadores se jogando das pedras e se exibindo por gorjetas. Não deixe de visitar também o Blue Garden Hole, que é poço com água cristalina que emerge de uma fonte, e a caverna do Roaring River Park.
Fazer um city tour com visita guiada pode dar uma boa ideia do que é a cultura local. Visite as destilarias de rum da região. Se você aprecia crocodilos, uma boa pedida é dar um pulinho na reserva de Rhodes Hall Plantation.
Para quem gosta de noitada, um programa divertido para depois da prova é ir aos bares e restaurantes e curtir uma balada ao melhor ritmo do reggae. Se ficar alguns dias em Kingston, não deixe de visitar o museu de Bob Marley, maior ídolo local.


COMO CHEGAR. Dezembro, época que acontece a prova, é início de alta temporada. Quanto mais cedo planejar a viagem, maior possibilidade de encontrar voos em conta. Não é preciso ter visto para entrar na Jamaica. Há várias opções para chegar lá. Você pode fazer parada em Miami (American Airlines) ou no Panamá (Copa Airlines) para chegar a Kingston, capital, que fica a 240 km de Negril.
Outra opção é pela Air Caribean, que faz voos com paradas em Nassau (Bahamas), em Miami ou Orlando (Estados Unidos). Você vai gastar de 900 ou 1.000 dólares com o aéreo. A porta de entrada em Negril é Donald Sangster's Airport, que fica em Montego Bay, a 1 hora de carro até Negril. Lá é possível contar com serviços de transfer para os hotéis ou mesmo alugar um carro. Se optar por locação, atente para o fato de que as estradas são bem estreitas e a mão é inglesa, o que pode dificultar.


COMO SE LOCOMOVER. O transporte público não é dos melhores e não é muito recomendado também por questões de segurança, ainda que Negril seja um dos lugares mais tranquilos e seguros da Jamaica. A melhor forma para ir de um ponto a outro é de táxi ou recorrendo às vans para turistas (cerca de 250 dólares a diária), já com motorista, para conhecer os locais específicos de interesse.


ONDE FICAR. Negril é uma região um pouco mais afastada e tranquila, assim como Ocho Rios. Há muitos resorts no local, daqueles típicos das regiões caribenhas, em que o valor da diária já dá direito a hospedagem e alimentação (all-inclusive) e com diárias um pouco salgadas, que chegam a 400 dólares. Mas você pode encontrar boas opções de hotéis econômicos, se fizer a reserva com antecedência, conseguindo diárias entre 100 e 150 dólares.



Maratona do Reggae
Data:
02/12/2017
Local: Negril, Jamaica
Provas: maratona, meia e 10 km
Participantes: 1.500
Temperatura: média de 20 graus
Descrição do percurso: Predominância de planos e com bonitos visuais de praia
Inscrições: Podem ser feitas pela internet, no site oficial do evento, até 28/11 ou até atingir o limite de inscritos
Valor: de U$ 90 a U$ 120 (maratona), U$ 85 a U$ 110 (meia) e de U$ 60 a U$ 85 (10 km). Os preços variam dependendo da data de inscrição.
Início da prova: 5h15
Largada: Long Bay Beach Park
Chegada: Seven Mile Beach
Entrega de kit: Swept Away Sporting Complex, nos três dias que antecedem o evento
Premiação: Total de U$ 10 mil de premiação divididos para os 5 primeiros geral e máster (mais de 35 anos) da maratona e meia, masculino e feminino, e medalha para todos os concluintes.
Postos de apoio no percurso: A cada milha (1,6 km), com água e isotônico
Site oficial: www.reggaemarathon.com

Deixe o seu comentário


Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados