Revista Contra-Relógio
// Desafio //

Hora dos 42 km

Edição 272 - MAIO 2016 - ANDRÉ SAVAZONI

Foram meses de treino, preparação e ansiedade. Agora, no dia 29 deste mês, com a Maratona do Rio, chega o grande dia do Desafio Olympikus-CR.

Preparar-se para uma maratona exige dedicação, planejamento e meses de treinos, além de algumas mudanças alimentares, muita expectativa e ansiedade. Agora, chegou o momento da grande festa no Desafio Olympikus-CR 42 km, com a Maratona do Rio, no dia 29 deste mês. Para ajudar os leitores da Contra-Relógio, o técnico Leonardo Schwab, professor e coordenador da Unidade Leblon da Assessoria ML Mix Run analisou o percurso e os aspectos positivos da prova carioca.
"Vamos primeiro aos pontos turísticos. Você passa por grande parte da orla do Rio de Janeiro, que é algo particular da cidade e muito bonito. Largada na praia do Recreio dos Bandeirantes. Na sequência, passa pelas praias da Reserva, da Barra da Tijuca, de São Conrado, do Leblon e Ipanema, além do Arpoador, Copacabana e Enseada de Botafogo, finalizando no Aterro do Flamengo", enumera Leo.
"Na praia da Barra, olhando para frente, você consegue ver a Pedra da Gávea e a Pedra Bonita. Essa segunda é o acesso onde ocorrem os saltos de asa delta e parapente. Ao entrar na Praia de São Conrado, se o corredor olhar pra trás, conseguirá ver as duas muito mais próximas. Ao percorrer São Conrado, olhando para cima e para frente, verá o Morro Dois Irmãos, com um dos visuais mais bonitos da cidade e que está sendo muito explorado pelos turistas pós a implantação da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) do Morro do Vidigal", completa Leo.
Mas os atrativos não param por aí. "Ao entrar na Enseada de Botafogo você verá, olhando para o lado direito, o Pão de Açúcar, o bairro da Urca e toda a enseada, com a baía de Guanabara no seu final. Olhando à esquerda e para cima, consegue ter uma visão do Cristo Redentor. No final da prova, bem próximo da linha de chegada, tem o monumento Estácio de Sá que é uma homenagem ao fundador da cidade", diz o treinador.

Publicidade


APENAS DUAS SUBIDAS. Quanto ao trajeto dos 42 km, Leo destaca uma particularidade bem clara na Maratona do Rio de Janeiro: primeira metade mais fácil, pois é totalmente plana. E segunda parte mais complicada, pois tem duas subidas. "Por isso, é preciso tomar muito cuidado no início da prova, pois mesmo ela sendo bem plana, não se deve largar muito forte. Oriento ser bem conservador da largada até completar a meia-maratona. Esse percurso consiste no Recreio, Reserva e Barra da Tijuca, onde no final do trecho de praia, próximo a uma unidade do Corpo de Bombeiros, completará os 21 km. A partir daí, a prova começa a mostrar as suas dificuldades no percurso. Entre os km 21 e 22 haverá a primeira subida da maratona (Elevado do Joá), que não é muito íngreme, porém exige cautela, pois ainda temos muito chão pela frente", analisa o treinador. "Na altura do km 26/27 terá a segunda subida, considerada por muitos a parte mais difícil da prova, na Avenida Niemeyer: dois quilômetros de morro acima."
De acordo com Leo, deve-se tomar muito cuidado quando fizer a descida da Avenida Niemeyer para entrar na Praia do Leblon. "Pelo fato de ter feito um esforço grande para subir, a tendência é da maioria dos corredores se soltar e também tentar recompensar o tempo perdido. É um erro muito comum e que pode ser pago mais à frente. Desça tranquilo e entre no Leblon no ritmo que se propôs para fazer no plano. Quando chegar à Praia de Copacabana, verá a placa dos 35 km. O grande muro, a grande barreira para muitos maratonistas. A partir daí, continua plano até o Aterro do Flamengo", conta o treinador.


CALOR E UMIDADE. Além da parte turística e da análise do percurso, vamos à segunda particularidade do Rio de Janeiro e, claro, da maratona: a condição climática. "É uma cidade que sempre faz calor e com umidade relativa do ar alta. Se estiver quente, o maratonista terá de passar em todos os postos de hidratação e cuidar bem da alimentação. Agora, o melhor mesmo é rezar para a temperatura estar bem tranquila no dia 29 de maio", completa Leo, responsável também pela preparação da personagem do Desafio, a carioca Laís Tenenbaum de Oliveira, de 24 anos, que vive a expectativa de estrear nos 42 km no Rio de Janeiro.
Nessa reta final e após completar o Desafio, aproveite para divulgar a preparação e a emoção nas redes sociais. Compartilhe os treinos/fotos e comentários com hashtag #desafioOlympikusCR42km, além de curtir as páginas da Contra-Relógio e da Olympikus tanto no Facebook quanto no Instagram. Inclusive, comente sobre as camisas do Desafio, confeccionadas pela Olympikus.
Para quem já atingiu o objetivo, basta enviar os dados completos (nome, endereço com CEP e cidade, tamanho da camisa no P, M ou G, além do tempo obtido e a prova) para o e-mail desafio@contrarelogio.com.br. As informações, então, serão enviadas pela Contra-Relógio para a Olympikus, que fará o envio do merecido e suado prêmio, uma vez que seu corpo não nasceu para ficar parado. Além disso, também pelo e-mail, enviem relatos de como atingiram o Desafio, pois nas edições de junho e julho da revista iremos publicar histórias de personagens de todo o país que completaram uma maratona.


SERVIÇO


EXPO RIO RUN
Centro de Convenções Sul-América
Próximo às estações Estácio e Cidade Nova do metrô
Rua Paulo de Frontin, n° 1 - Segundo pavimento
Dias 26, 27 e 28 de maio
Quinta-feira - das 8h às 17h
Sexta-feira - das 9h às 18h
Sábado - das 8h às 17h


LARGADAS
Maratona
Praça Pontal do Tim Maia, no Recreio dos Bandeirantes
Cadeirantes: 6h55
Demais categorias de ACDs: 7h00
Elite feminina: 7h00
Elite masculina e demais corredores: 7h30


Meia-Maratona
Avenida do Pepê, nº 500, logo após o Batalhão dos Bombeiros, na Barra da Tijuca
Handcycles: 6h25
Demais categorias de ACDs: 6h30
Elite feminina: 6h30
Elite masculina e demais corredores: 6h45

Olympikus Family Run
Aterro do Flamengo, próximo à Praça Cuautéhmoque - Rua Cruz Lima, bairro do Flamengo
Todos os participantes: 8h00


Site: www.maratonadorio.com.br


Deixe o seu comentário


Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados