Revista Contra-Relógio
// Turismo //

Em São Francisco, maratona com 2 meias

Edição 281 - FEVEREIRO 2017 - FERNANDA PARADIZO

Os 21 km podem ser corridos com a primeira ou com a segunda parte dos 42 km

Para quem viaja no meio do ano para os Estados Unidos e quer aproveitar para correr uma meia-maratona, uma maratona ou até um pouco mais, a tradicional Maratona de São Francisco, que acontece no terceiro final de semana de julho e em 2017 comemora 40 anos, cai como uma luva. Apesar de a prova ser realizada em pleno verão americano, a temperatura nessa região da Califórnia não será um dificultador, já que São Francisco é banhada pelas águas geladas do Pacífico e costuma ter clima ameno inclusive nessa época do ano.
São Francisco é repleta de subidas e o trajeto com certeza reflete a altimetria da cidade, que tem muitos aclives e declives. Apesar disso, o visual é compensador. Ao longo do trajeto, os corredores passam por vários ícones da cidade, como o Fisherman's Wharf, a famosa fábrica de chocolates Ghirardelli, a lendária Golden Gate, o Golden Gate Park, entre outros, além de serem brindados com lindas vistas do Oceano Pacífico.
Ainda que a maratona seja a prova principal, o grande atrativo desse evento, que reúne 27 mil pessoas, é a possibilidade de escolher entre duas meias. Aqueles que optarem pelos 21 km podem fazer a primeira metade do trajeto da maratona, que larga às 5h30, e passa pela Golden Gate, ou a segunda metade, que larga às 7h30 e é um pouco mais plana.
Além da maratona e das duas opções de meia, os organizadores oferecem ainda algumas poucas vagas para quem quiser dobrar a maratona, com duas voltas no percurso. Nesse caso, os participantes largam à meia-noite e percorrem quase o mesmo trajeto da maratona oficial, só que no sentido inverso e sem passar pela Golden Gate. A segunda parte do desafio acontece junto com a maratona.
A largada é com o dia ainda escuro, para que haja a possibilidade de a prova passar pelo grande marco da cidade de São Francisco, a Golden Gate (ida e volta), sem prejudicar o trânsito da cidade.
Todas as provas largam em ondas, conforme nível técnico, e a corrida é bem abastecida ao longo do trajeto, que conta com boa participação do público. Estima-se que 80 mil pessoas vão às ruas para apoiar os corredores.

Publicidade


TURISMO. Viajar para a Costa Oeste dos Estados Unidos sempre será uma aventura das mais agradáveis, que proporciona visuais belíssimos da costa do Pacífico. São Francisco é uma cidade para curtir e relaxar. Se tiver a oportunidade de prolongar um pouco mais a viagem, não vai se arrepender.
O grande cartão-postal da cidade é a Golden Gate, ponte que liga São Francisco à cidade de Sausalito. Há diversas formas de curtir o visual da ponte, como um passeio de barco pela baía de São Francisco no horário do por-do-sol, ou mesmo alugar uma bike no Ferry Building ou no Fisheman's Wharf e ir pedalando até Sausalito. A vista é maravilhosa. De lá, é possível voltar de trem. Se preferir, pode ir e voltar de trem e aproveitar o dia para almoçar no restaurante The Spinnaker, em Sausalito, onde você terá uma bela vista da cidade de São Francisco.
Outro lugar imperdível é o Fisherman's Wharf, uma área turística com muitas lojinhas, restaurantes e galerias de arte e repleto de atrações. É lá que fica o badalado Pier 39, onde você com certeza perderá um tempo vendo a briga dos leões-marinhos disputando um lugar nas plataformas flutuantes. Vale ficar até o final de tarde por ali para ver o lindo por-do-sol e poder avistar ao fundo a Ilha de Alcatraz e o contorno da Golden Gate. Para quem curte, há passeios guiados até lá. É uma boa pedida para quem quer conhecer um pouco como funcionou esse famoso presídio.
Do Pier 39 dá para fazer uma caminhada até o Pier 1, onde fica o Ferry Building. No caminho, dê uma paradinha no Pier 7 para fotos, considerado um dos mais charmosos da cidade. O Ferry Building Marketplace é uma espécie de "mercado municipal", que oferece uma grande variedade de experiências gastronômicas.


BONDINHO. Aproveite que está em São Francisco e não deixe de passear de bondinho pelas ladeiras da cidade. São poucas as linhas hoje operantes, além de serem bem concorridas. Elas funcionam das 6h à meia-noite. Há três linhas e duas delas partem da Union Square (entre as Powell e Market Street), uma das principais áreas comerciais da cidade. As filas são grandes. Para conseguir um lugar, acorde cedo e pegue um lugar na fila nas primeiras horas de operação. Se puder, dê preferência para a linha Powell - Hyde, que faz uma parada no topo da famosa Lombard Street (de um lado você avista Alcatraz e do outro a Coit Tower), passa por várias ladeiras, por Chinatown e proporciona belas vistas da baía de São Francisco. De lá você pode seguir a pé até a Ghirardelli Square e visitar a loja e fábrica de chocolate mais famosa da cidade.
Além desses passeios imperdíveis, inclua no seu roteiro uma ida até a Union Square, umas das praças mais badaladas da cidade. Para quem quer fazer compras, a região concentra uma grande quantidade de lojas e até um outlet.
Para ter uma vista privilegiada da cidade, vá até o Twin Peaks, o segundo ponto mais alto de São Francisco e que fica no bairro Castro. As duas montanhas fazem parte de um parque de onde você conseguirá apreciar uma vista de 360 graus da cidade.
Outra atração imperdível fica na Alamo Square, uma praça famosa por abrigar as Painted Ladies, também conhecidas como "Seven Sisters". São sete casinhas no estilo vitoriano, construídas entre 1849 e 1915, uma das atrações mais visitadas e fotografadas da cidade.


COMO CHEGAR. São Francisco fica no norte da California. Não há voo direto para lá. Saindo de São Paulo ou Rio de Janeiro, é possível encontrar tickets da Aeromexico, Avianca, Copa, Latam, United Airlines, Delta etc., com 1 ou 2 escalas. Como é alta temporada, os valores são um pouco mais alto nessa época do ano, podendo variar entre 1.100 e 1.600 dólares. O tempo total de voo, considerando todas as escalas, pode variar de 16 a 30 ou mais horas. Se a corrida é prioridade, é bom dar uma boa estudada nas datas e horários para não chegar muito em cima da hora e cansado ao local.


ONDE FICAR. São Franscico não é uma cidade barata em relação à hospedagem. Mas claro que existem muitas opções em conta, principalmente para quem estiver motorizado. Nesse caso, você pode optar por hoteis mais simples, com valores de cerca de 120 ou 150 dólares a diária, que ficam a 10 km ou mais do centro comercial (Union Square) ou das atrações turísticas (Fisherman's Wharf).
Se pretende ter mais comodidade e ficar perto da largada e chegada da prova, a organização tem parceria com os hoteis Hyatt, Hilton, Westin e Meridien, todos próximos ao centro comercial e turístico. A diária, já com desconto, varia entre 260 e 290 dólares (mais taxa).


UMA ESTICADA. Se tiver um tempinho de sobra para passar dias a mais na Califórnia, vale fazer a viagem de carro dos sonhos dos turistas, que margeia a Costa do Pacífico, saindo de São Francisco e chegando a Los Angeles, e passando por cidades como Santa Bárbara, Carmel, Big Sur, San Luis Obispo e outras. Além disso, São Francisco fica perto de outros destinos turísticos que valem muito uma esticada, com Giant Redwood (sequóias gigantes), Napa Valley, Lake Tahoe e Yosemite Park.



Maratona e Meia de São Francisco
Data:
23/07/2017
Local: São Francisco, Califórnia, EUA
Provas: Maratona, duas meias, 5 km e ultra (84 km)
Participantes: 27 mil corredores
Temperatura: Entre 12 e 18 graus
Inscrições: Podem ser feitas pela internet, no site oficial do evento, até atingir o limite de inscritos.
Valor: US$ 125 (maratona), US$ 110 (1ª meia), US$ 100 (2ª meia) e US$ 45 (5 km). Há dois valores para ultramaratona: US$ 400 (é preciso arrecadar US$ 1.000 para a caridade) e US$ 600 (só inscrição da prova).
Início das provas: À meia-noite (ultramaratona), às 5h30 (maratona, 2ª parte da ultra, 1ª meia e 5 km) e às 7h30 (2ª meia).
Largada: The Embarcadero (altura da Mission Street). A 2º meia larga dentro do Golden Gate Park.
Chegada: The Embarcadero (altura da Folsom Street)
Entrega de kit: Na expo, realizada no Festival Pavilion, na Fort Mason, 2 Marina Blvd, na sexta-feira, das 12h às 19h, e no sábado, das 9h às 17h.
Premiação: Medalha para todos os concluintes. Aqueles que completam as duas meias-maratonas em anos seguidos recebem a medalha Half It All Challenge.
Postos de apoio e hidratação: 16 postos na maratona e 6 postos na 1ª meia-maratona e 10 postos na 2ª meia. Na ultra, os participantes terão apenas quatro postos de apoio (nas estações médicas) e podem deixar nestes postos uma bagagem com pertences pessoais para uso na prova. Na segunda volta da ultra, terão o suporte da maratona.
Tempo-limite: 6h para a maratona e 3h para a meia. No caso da ultramaratona, para inscrição é preciso comprovar tempo de 5h em uma maratona.
Site oficial: www.thesfmarathon.com


Deixe o seu comentário


Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados