Revista Contra-Relógio
// Perfil //

De olho no Mickey

Edição 255 - DEZEMBRO 2014 - ANDRÉ SAVAZONI

Após um ano de muitos pódios, Giovanna Martins tem como objetivo tentar a vitória na Maratona Disney.

A relação de Giovanna Costa Martins com o atletismo começou cedo. Aos 5 anos de idade, em 1987, em São Paulo, na Corrida Antifumo 10 km, completou a prova correndo o tempo todo! Um talento precoce. Nos 27 anos que se seguiram foram mais de 500 troféus, e a atleta de Indaiatuba, SP, comemora a temporada positiva deste ano, com muitas vitórias, e traça como objetivo para 2015 a Maratona da Disney, em Orlando, no dia 11 de janeiro.
Curiosamente, na infância, o atletismo era apenas um dos esportes que fazia. Por orientação médica, passou a praticar diversas modalidades, como natação, basquete e futebol. Quando completou 14 anos, disputou os Jogos Escolares. Como se destacou, foi convidada a treinar para provas de atletismo em pista. Um ano depois, venceu a São Silvestrinha na sua categoria e começou a participar dos Campeonatos Brasileiros, sendo convocada para seleções paulistas em todas as categorias menores, do juvenil ao sub-23. A partir da fase adulta, passou a dividir as funções de atleta e treinadora, o que desempenha até hoje.
Na pista, os melhores resultados foram obtidos nos 3.000 m com obstáculos: campeã paulista, vice do Brasileiro, campeã sul-americana e duas vezes medalhista no Troféu Brasil. Atualmente, tem se dedicado às distâncias mais longas, como a meia e a maratona, incluindo ainda as corridas em montanha. "Os resultados obtidos em 2014 realmente eram esperados. Há três anos montamos uma periodização de quatro temporadas visando ao sonho de estar no pódio da Maratona Disney de 2015, ou até mesmo ser a primeira brasileira a vencer a prova", afirma a atleta, treinada por Marcos Martins.

Publicidade


36 VITÓRIAS. Nesta temporada, até o fechamento desta edição, Giovanna havia disputado 36 provas, vencendo 33 delas, entre rua, pista e montanha. Entre os principais resultados, estão o primeiro lugar na Star Wars Run, na Meia-Maratona de Floripa, na etapa de São Paulo do Desafio Adidas Endless Boost (que lhe valeu uma viagem para a Maratona de Santiago, no próximo ano) e no Campeonato Brasileiro de Corrida de Montanha, além do segundo lugar na Maratona de Florianópolis. A preparação é puxada. "Em média, são de 20 a 34 km diários de treinos, divididos em dois períodos, seis dias por semana. Daí, um dia faço descanso total", explica a atleta.
A Disney é o principal objetivo mesmo, mas, dependendo dos resultados neste primeiro semestre de 2015, a começar pela prova norte-americana, Giovanna faz planos de participar da Maratona de Berlim, em setembro. "Claro que o índice olímpico é um sonho de todos os atletas, ainda mais quando os jogos serão realizados em casa (no Rio de Janeiro, em 2016). E Berlim é uma das provas com melhores condições para se conquistar um bom resultado. Porém, sabemos que o Brasil é um dos países que têm os índices olímpicos mais difíceis de serem atingidos", afirma Giovanna.
De acordo com a corredora, o Brasil é um ninho de talentos, não somente no atletismo, como em diversas modalidades. "Mas falando especificamente do atletismo nestes 27 anos de vivência, como exemplo, mesmo evoluindo e tendo bons resultados, até hoje não tive o apoio que um atleta precisaria ter para se dedicar somente ao esporte. Por isso, tive de começar a trabalhar para dar continuidade aos meus sonhos e objetivos. No Brasil, temos poucos clubes com boa estrutura e o apoio por parte do poder público, como o bolsa-atleta, ainda atinge um número muito pequeno (de esportistas)", afirma Giovanna. "Quantos atletas neste país têm de parar de praticar a modalidade esportiva para trabalhar, até mesmo para poder pagar seus estudos? No mínimo, o Brasil deveria seguir o exemplo de alguns países que oferecem uma bolsa de estudo aos atletas. Isso já seria um grande incentivo."


TRABALHOS SOCIAIS. Em meio a essa perspectiva, e como uma forma de mudar a triste realidade do atletismo, Giovanna tem dois projetos sociais, iniciados em 2013. Um voltado para crianças e adolescentes, de iniciação de atletismo e treinamento, no qual atende 45 garotos e garotas das cidades de Salto, Indaiatuba e Itu, no interior paulista. O outro trabalho é o atletismo paralímpico para pessoas com deficiência de qualquer idade, em Salto e Indaiatuba. "Levar o esporte como ferramenta educacional e como uma oportunidade de transformação para as pessoas sempre foi a minha paixão, por isso não só espero manter como ampliar esses dois projetos", afirma. Paralelamente, lançou a Giovanna Martins Assessoria Esportiva, conhecida na região de Campinas como a "Epidemia Azul, a epidemia do bem" - que hoje conta com mais de 180 corredores.
Na reta final agora em dezembro, com foco na performance, Giovanna dorme todos os dias sonhando estar, ao lado do Mickey e da Minie, no alto do pódio na Maratona da Disney. Quem quiser mais informações ou tiver interesse em um contato sobre os projetos, o e-mail da corredora é atletagicosta.martins@hotmail.com.



Meta de 4:00 por km
A expectativa de Giovanna Martins para a Maratona da Disney baseia-se no planejamento específico dos últimos quatro anos e nos seus resultados em distâncias menores. Ela conseguiu 36:15 nos 10 km (Desafio Adidas Endless Boost Run no Rio de Janeiro) e 1:19:53 nos 21 km (Meia da Disney em 2013, quando foi a quarta colocada), além dos 3h04 na estreia nos 42 km, em Florianópolis, neste ano.
"Dentro dessa programação, pretendo correr a Maratona Disney no ritmo de 4:00 por km. Para participar desses 42 km fiz diversas mudanças na minha vida esportiva." Outro fator que ela destaca foi um trabalho diferenciado para reduzir o porcentual de gordura (de 13,8% para 7%) e a prevenção de lesões, que sempre a atrapalharam.
Dessa forma, Giovanna tem todo o foco agora na Disney. "Espero chegar entre as três primeiras. Se isso não ocorrer em 2015, darei início a uma nova periodização, pois ser a primeira mulher brasileira a vencer essa maratona é o sonho."

Deixe o seu comentário


Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados