Revista Contra-Relógio
// Medicina Esportiva //

Cãibras; Periostite; Tendinopatia

Edição 161 - FEVEREIRO 2007 - JOSÉ MARQUES NETO


CÃIBRAS
Eu tenho treinado direto, mas respeito os dias de descanso, inclusive fiz o treinamento que saiu na CR de novembro visando a São Silvestre. Meu tempo nos 10 km é entre 38 e 39 minutos. Faço uma dieta rica em potássio, porém recentemente quando estou sentado ou deitado, o músculo posterior da coxa repuxa como uma cãimbra, mas depois volta ao normal. O que pode ser? Outra dúvida é que comecei a sentir uma leve dor no lado esquerdo do abdome, próximo à virilha. Fiz ultrassonografia dos rins, fígado, baço, vesícula, enfim abdome total e deu tudo normal.
Luiz Carlos J. Raymundo, Piraí, RJ


Parabéns pelos seus tempos nas provas de 10 km. Na sua pergunta você sugere que está sofrendo de supostas câimbras, apesar de sua dieta rica em potássio. Bem, o fenômeno cãimbra ainda é pouco compreendido pela medicina, existindo várias teorias sobre seus fatores desencadeadores, porém a relação causal com o potássio está descartada, já que este elemento se encontra no interior da célula e seus limites são rigorosamente controlados pelo corpo humano. Existem outros elementos potencialmente mais importantes, como o sódio, que poderiam influenciar no desencadeamento das cãimbras, como também a falta de hidratação e o condicionamento muscular, na minha opinião o fator mais importante. Observe se sua reposição hídrica durante os treinos está adequada, com alguma bebida contendo carboidratos, e também seria o caso de ouvir a opinião de alguém gabaritado a respeito de treinamento muscular localizado. Quanto à sua dor abdominal, próxima à virilha, faltou descartar a ocorrência de hérnia inguinal, ou até mesmo uma lesão muscular nos músculos adutores da coxa (lado interno da mesma). Aí precisamos de mais dados do seu histórico e exame clínico.

Publicidade


PERIOSTITE
Estou querendo saber um pouco sobre o que foi diagnosticado em minhas pernas - "periostite". Isso só tem solução com o tratamento de ondas de choque? E se eu continuar me esforçando em atividades como corridas rústicas, o que pode acontecer?
Ágata Macedo S. de Oliveira, via email


A periostite que foi diagnosticada nas suas pernas representa uma inflamação de uma membrana fibrótica que recobre os ossos, chamada de periósteo, daí o nome de periostite e normalmente traduz uma carga excessiva sobre os membros inferiores, que não está sendo adequadamente amortecida pela musculatura da perna (segmento abaixo do joelho). Além disso, provavelmente a freqüência com a qual você está se exercitando (correndo) está muito alta, e dessa forma os ossos não têm tempo de "descansar" e novas células serem repostas pelas que foram destruídas no esforço. É o que chamamos de lesão por "overuse" (sobrecarga), potencialmente perigosa, pois existem teorias que determinam esta lesão de stress ósseo ser precursora das fraturas por stress, na qual existe uma linha de fratura microscópica no osso, impedindo você de realizar suas atividades durante um bom tempo. O tratamento por ondas de choque ajuda, mas você deve conversar com um treinador para desenvolver um trabalho de fortalecimento muscular na região e modificar temporariamente sua atividade aeróbica.


TENDINOPATIA
Eu estava com dores na região do tendão de Aquiles e fui orientado a usar uma calcanheira e fazer o trabalho excêntrico de musculatura da panturrilha. Fiz o ultra-som do tendão e no laudo constou a "tendinopatia do terço distal do tendão calcâneo". Gostaria de saber qual o procedimento que devo adotar em função dessa tendinopatia
Mário Rocha, via email


A tendinopatia do tendão de Aquiles representa uma lesão no corpo do tendão, uma degeneração do tecido que o compõe, e o uso da calcanheira irá aliviar a tensão a qual é submetida este tendão no dia-a-dia. O trabalho excêntrico de fortalecimento muscular da panturrilha, realizado com o músculo fazendo força enquanto está sendo alongado, tem apresentado bons resultados, segundo diversos trabalhos científicos, e na prática clínica também. Continue com estas medidas, e faça compressas de gelo duas vezes por dia, retornando progressivamente à sua atividade anterior.

Deixe o seu comentário


Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados