Revista Contra-Relógio
// Brasileiros lá fora //

25 EDIÇÕES DA MARATONA DISNEY

Edição 293 - FEVEREIRO 2018 - DENISE AMARAL

Há 35 anos correndo maratonas e com 131 maratonas completadas, posso afirmar que a Maratona da Disney é a mais inovadora e a que mais se reinventou ao longo de suas 25 edições. Muito inteligentes, contrataram a equipe que organizava a de Nova York e começaram com excelência. Até um fun run no sábado, seguido de um maravilhoso café da manhã era oferecido, nos moldes do International Breakfast Run de NY.
A medalha era (e é até hoje) linda e diferente: enorme para os padrões da época, redonda e com orelhas em alusão ao Mickey. Foi um sucesso imediato! Já na 2ª edição, melhoram o percurso, incluindo o Parque Aquático Blizzard para oferecer aos participantes diferentes visuais ao longo da maratona.
As grandes sacadas começaram logo na 5ª edição, em 1998, quando passaram a oferecer também inscrição para a Meia, realizada no mesmo dia da Maratona até 2005. Com isto, o número de inscritos só aumentava. Na 6ª edição, incluíram o recém-inaugurado Animal Kingdom Park no percurso, servindo para promovê-lo e alegrar o visual dos maratonistas.
No 10º aniversário, iniciaram as séries das medalhas comemorativas. Tudo o que o corredor adora: medalhas lindas e especiais! Neste ano, o paulista Adriano Bastos iniciou sua trajetória de 8 vitórias (2003, 2005 a 2010 e 2013), embora brasileiros já tivessem brilhado no pódio (Santiago de Araújo venceu em 1998 e 1999 e José Silva em 2000).
Mas, a loucura pelas provas da Disney aumentou com a criação do Desafio do Pateta em 2006. Com isto, a Meia Maratona passou a ocorrer no sábado e aqueles que completavam as 2 provas, ganhavam uma terceira medalha com a figura do querido e desengonçado cão. Em 2010, anunciaram a medalha especial em comemoração a 5ª edição do Desafio do Pateta e as inscrições bateram recordes: 55 mil inscritos para as provas de sábado e domingo. Aquele ano foi marcado pelas temperaturas baixíssimas nas largadas. Uma tragédia para os brasileiros que já começavam a lotar as provas. Em 2011, Fredison Costa quebrou a hegemonia de Adriano Bastos, vencendo as provas também em 2012 e de 2014 a 2017.
Em 2012, a medalha especial do Pato Donald comemorava a 15ª edição da Meia, distância para a qual as inscrições se esgotam mais rápido do que para a Maratona. Somente naquele ano, realizaram um revezamento (21 km cada corredor) e a medalha tinha a figura dos simpáticos Tico e Teco. Quase esquecia em mencionar que as fitas das medalhas de Disney são um show à parte - largas, com o nome das provas e em cores vibrantes.
Em 2013, a medalha da 20ª edição foi coberta de suspense e superou as expectativas: colorida, brilhante e composta por 3 círculos articulados e giratórios. Linda! O percurso incluiu uma volta de 1.600 metros pelo Autódromo, repleto de carros especiais na lateral da pista. Pena que este trajeto foi eliminado do percurso atual. Também tivemos a inclusão do ESPN Complex, local da Feira da Maratona.
Tudo já estava perfeito, todos os corredores felizes, mas a organização da prova conseguiu se superar. Em 2014 foi criado o Desafio do Dunga: 5 km na quinta, 10 km na sexta, 21 km no sábado e 42 km no domingo. Mas, a "tacada de mestre" foi a entrega de 6 camisetas e 6 medalhas. Quem completasse as 4 provas ganharia também a medalha do Desafio do Pateta e a nova medalha do Desafio do Dunga. A galera enlouqueceu!
Sucesso instantâneo e aumento exponencial do número de inscritos, pois o evento passou a oferecer diferentes opções para os iniciantes, o que estimulou os acompanhantes e os mais "cascudos" corredores. O Desafio do Dunga passou a fazer parte do calendário dos maratonistas já experientes. Mas, a cobiça pelas lindas 6 medalhas tem motivado até corredores que nunca correram uma maratona, como presenciei nas 5 edições do Desafio do Dunga que participei.
E, em 2018, em seu 5º aniversário e mais uma medalha especial, as inscrições para o Desafio do Dunga se esgotaram no site da prova em apenas 2 horas, apesar de custarem 580 dólares!
Muitos brasileiros precisaram contar com as agências especializadas, como a Kamel Turismo, para conseguir as suas inscrições. Mas, fazer parte destes grupos inclui vantagens especiais, como assistência local, dicas, fotos tiradas no percurso, café da manhã exclusivo para os acompanhantes assistirem a Maratona dentro do Magic Kingdom e uma extraordinária festa de encerramento.
Em 2017, a Meia Maratona foi cancelada, frustrando principalmente os participantes dos Desafios. Excepcionalmente neste ano, as provas começaram com temperaturas abaixo de zero, exceto no dia da maratona que ocorreu num dia de frio "suportável" (6° a 16°).
Se eu consegui convencer você que as provas da Disney são mesmo imperdíveis, planeje-se. As inscrições iniciarão em 17 de abril e o Marathon Week ocorrerá de 10 a 13 de janeiro de 2019.

Publicidade


Deixe o seu comentário


Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados