Revista Contra-Relógio
// Especial //

17 motivos para correr no Canadá

Edição 283 - ABRIL 2017 - ANDRÉ SAVAZONI

Dos 21 km aos 50 km, de leste a oeste, litoral ou montanha, cidades modernas ou natureza selvagem, francês e inglês... o roteiro de provas canadenses tem de tudo!

Motivos não faltam para visitar o Canadá. Voos diretos do Brasil com diversas promoções ao longo do ano, câmbio mais favorável em relação ao dólar americano (no dia de conclusão desta matéria, por exemplo, o dólar canadense era comprado por R$ 2,33), facilidade para a obtenção do visto, até com isenção em alguns casos para os brasileiros, paisagens naturais, grandes e modernas cidades... Mas não fica apenas nisso.
Nesta série especial da Contra-Relógio sobre meias e maratonas no exterior, chegamos ao Canadá, com 17 opções de corridas. Como em algumas cidades há mais de uma opção, mudamos a estrutura e fizemos as separações pelos locais, com os quadros trazendo nome, site e distâncias dos eventos.

Publicidade


NIAGARA FALLS
Distante cerca de 130 quilômetros de Toronto, Niagara Falls é uma pequena cidade à beira do rio entre os lagos Erie e Ontario. A grande atração são as três quedas d'água das Cataratas do Niágara, com destaque para a Horseshoe (ferradura de cavalo) que é dividida entre os Estados Unidos e o Canadá.
A estrada de 56 quilômetros pelo Rio Niagara tem diversos locais de observação. No lado sul, o ponto de partida é o Forte Erie, construído pelos britânicos em 1764. Nas cataratas, o elevador White Water Walk deixa os turistas bem junto à água. O percurso passa ainda pela reserva natural Niagara Glen e termina na cidade de Niagara-on-the-Lake.
Outros pontos turísticos de Niagara são o cassino e a Torre Skylon (com 236 metros). No último andar, há um restaurante com piso giratório e com uma visão de 360 graus da cidade, além de Bufallo nos Estados Unidos e de Toronto em dias de céu limpo.
São duas opções de provas em Niagara, uma em cada semestre. No mês de junho ocorre uma meia-maratona exclusivamente para mulheres, enquanto em outubro a opção é de 42 km e 21 km. Por sinal, entre abril e outubro, dependendo das condições climáticas, é possível fazer passeios de barco até bem próximo das cataratas, ou seja, mais um atrativo para as corridas.
A meia-maratona feminina (Niagara Falls Women's Half Marathon) tem percurso praticamente plano e todo às margens do Rio Niágara, além de diversos pontos de animação e o limite de 3 mil corredoras.
A Niagara Falls International Marathon é uma experiência única. Com a 20ª edição marcada para o dia 15 de outubro, os 42 km largam nos Estados Unidos e terminam próximo das cataratas, no lado canadense. O percurso é dividido entre descidas e uma longa parte plana. Há toda uma questão de visto e documentação no ato da inscrição e no transporte dos ônibus para a largada, já que a prova é de ponto a ponto (as informações estão disponíveis no site oficial. O trajeto, inclusive, vale qualificação para Boston.
Já a meia-maratona é toda disputada no lado canadense, dividido entre descida e plano por 17 km e depois você despenca numa longa descida nos 3,5 km finais, ou seja, perfeita para quem está atrás de recordes pessoais.


4 de junho
Niagara Falls Women's Half Marathon
http://nfwhm.com


15 de outubro
Niagara Falls International Marathon (42 km e 21 km)
https://niagarafallsmarathon.com/


TORONTO
Com 5,5 milhões de pessoas, Toronto é a maior cidade do Canadá e a quinta principal região metropolitana da América do Norte. É o coração financeiro e industrial do país, mas também respira cultura, com mais de cem festivais anuais e nada menos do que 125 museus. O Royal Ontario Museum e o Art Gallery of Ontario se destacam nessa relação.
A grandiosidade de Toronto chega também aos shoppings, com o Eaton Centre tendo mais de 230 lojas. A cidade respira também esportes, principalmente no hóquei (não deixe de visitar o Hockey Hall of Fame).
No período do calor, o atrativo são as praias nas Toronto Islands, pequenas ilhas a 15 minutos de balsa do centro e, obviamente, as Cataratas do Niágara já citadas. Em qualquer época do ano, mesmo no frio e com muita neve, para ter noção da beleza e do tamanho da cidade, nada melhor do que subir na CN Tower, com 553 metros de altura.
Claro que na corrida Toronto não poderia ficar para trás e conta com uma característica especial: tem duas maratonas, uma em cada semestre. A disputa entre as maratonas é interessante. A no dia 7 de maio tem um percurso rápido, com várias descidas nos primeiros 20 km e, depois, a predominância do plano. Tanto que a organização faz questão de salientar a possibilidade da obtenção de recordes pessoais e do índice para Boston. Os 42 km e os 21 km tem tanto horário como locais de largada diferentes, com os trajetos sendo iguais dos km 6 aos 20, ou seja, a meia-maratona é quase toda em descida.
Já a prova do segundo semestre conta com o selo ouro da IAAF e o trajeto formado por inúmeras e longas retas, em sua maior parte na orla de Toronto. Os 21 km mantêm as mesmas características.
Nos dois casos, os sites oficiais são bem completos, contando inclusive com uma rede de hotéis oficiais, que oferecem traslado para a largada e de volta. Para completar a tradição feminina nas corridas na América do Norte, Toronto sedia ainda a Women's Half Marathon & 5k, no mês de maio.


7 de maio
Toronto Marathon (42 km e 21 km)
http://www.torontomarathon.com/


28 de maio
Toronto Women's Half Marathon & 5k
http://towomensruns.com/events/half-marathon-5k/


22 de outubro
Toronto Waterfront Marathon (42 km e 21 km)
http://www.torontowaterfrontmarathon.com/


HAMILTON
Ao Sul da Província de Ontário, Hamilton está próxima à região das Cataratas do Niagara, na fronteira com os Estados Unidos. Trata-se de um grande centro industrial e sede das principais siderúrgicas do país.
A Baía de Hamilton, ligada ao Lago Ontário, é o palco da Around the Bay Road Race, de 30 km, como o nome diz, uma volta completa na baía, que pode ser feita individualmente ou em revezamento.
Como a organização faz questão de destacar, a corrida é a mais velha do Continente Americano, com a primeira edição em 1894, ou seja, três anos antes da de Boston. O percurso, além de bonito, é desafiador, com 20 km planos e, depois, 10 km de colinas.


25 de março de 2018
Around the Bay Road Race - 30 km (Ontário)
http://bayrace.com/


BANFF
Pense em uma região de visual incrível, em contato direto com uma natureza selvagem e praticamente intocada, que muda de cores entre o branco e frio do inverno e o verde no período do verão. Multiplique por cinco e a conta lhe levará a Banff, na região das Montanhas Rochosas, um dos locais mais bonitos do mundo. Tem 7,5 mil habitantes e uma grande estrutura para o turismo.
O Parque Nacional de Banff, de 6.641 quilômetros quadrados, oferece 1.600 km de trilhas e, assim como a cidade de Québec, está elencado como um dos patrimônios mundiais da Unesco.
Lake Louise integra o Parque Nacional de Banff e está localizada a apenas 50 quilômetros da cidade de Banff. É reconhecido pela coloração esverdeada/azulada de suas águas e também pelo fato de estar rodeado por uma cadeia de montanhas glaciais. Tem uma superfície de 2,5 km de extensão e por volta de 90 metros de profundidade.
Esses são os cenários da Banff Marathon, com 42 km e 21 km. Nessa prova, aquela expressão de "encontrar o urso no km 30" pode não ser apenas uma figura de linguagem da corrida, pois a região está repleta realmente deles.
Em 2017, o evento faz parte das comemorações dos 150 anos do Canadá, principalmente por Banff ter o primeiro parque nacional do país. A largada é na pitoresca aldeia, com os corredores partindo em direção à natureza e retornando pelas margens do Rio Bow e suas famosas pontes.


18 de junho
Banff Marathon (42 km e 21 km)
http://banffmarathon.com/


MONTREAL
O francês e o inglês convivem harmoniosamente em Montreal, talvez a cidade que melhor representa essa característica da cultura canadense. Como curiosidade: é a segunda maior cidade de língua francesa no mundo, ficando atrás somente de Paris.
Montreal recebe uma das etapas do circuito Rock'n'Roll do Canadá, com os 42 km e os 21 km em setembro, além de uma meia-maratona no no mês de abril.
A Banque Scotia 21k de Montreal tem um percurso extremamente interessante e com longas retas, totalmente nas Ilhas de Notre-Dame e de Santa Helena, que abrigam o Parque Jean-Drapeau, o circuito de Fórmula 1 Gilles Villeneuve, a Biosfera e o Parque La Ronde (todos fazem parte da meia-maratona).
As duas ilhas também integram tanto os 42 km quanto os 21 km da Rock'n'Roll Montreal. A largada da maratona é na Ilha de Santa Helena, mas depois o trajeto não fica restrito a essa região e parte em direção à cidade, sempre contando com bandas de música até a chegada no Parque La Fontaine.


23 de abril
Banque Scotia 21k de Montreal
http://canadarunningseries.com/


24 de setembro
Rock'n' Roll Marathon & Half Montreal
http://www.runrocknroll.com/montreal/en/


VANCOUVER
No lado do Oceano Pacífico, Vancouver é atualmente uma das melhores cidades do mundo em qualidade de vida. Ao mesmo tempo, é uma "torre de babel" devido à grande procura de estudantes e a proximidade da Ásia, com forte influência principalmente da Coreia do Sul e da China. No local, mar, montanhas e rios contrastam com uma cidade moderna e de vida esportiva muito agitada.
Sede das Olimpíadas de Inverno de 2010, Vancouver conta com três principais montanhas - Grouse, Cypress e Seymour - onde se pode fazer trilhas durante o verão e esquiar no inverno. A grande atração é Stanley Park (tão interessante quanto o Central Park de Nova York), onde é possível correr, andar de skate e bicicleta, fazer ginástica, caminhar ou apenas relaxar.
Tem também o renomado Vancouver Aquarium, lar para diversos animais marinhos. A cidade é ponto de partida ideal para explorar a região, como as florestas da grande ilha de Vancouver e os fiordes que recortam o litoral. Além disso, está muito próxima da estação de esqui de Whistler (leia texto a seguir nesta reportagem).
Com um sistema de transporte todo interligado (que une barco, metrô, trem e ônibus), Vancouver destaca-se na corrida de rua também com uma série de eventos. Nesta relação, destacamos quatro provas.
A principal é a Maratona de Vancouver que tem ainda opções de revezamento, meia e uma corrida de 8 km. A largada dos 42 km e dos 21 km ocorre no Queen Elizabeth Park e a chegada no Canada Convention Center, mas a meia faz um percurso distinto.
O acesso para a largada é pelo transporte público. O Queen Elizabeth Park é bem amplo e com ótima infraestrutura. O trajeto exige boa preparação dos corredores, mas não passa pela região central (basicamente, envolve dois parques e a região beira-mar). Mas voltando à altimetria, tem várias curvas e subidas de verdade, ao mesmo tempo em que é bem bonito, principalmente na parte que contorna o Stanley Park (plano e com ziguezagues).


7 de maio
Vancouver Marathon (42 km e 21 km)
http://bmovanmarathon.ca/


25 de junho
Vancouver Half-Marathon & 5 km
http://canadarunningseries.com/


12 de agosto
SeaWheeze Vancouver Half-Marathon
http://www.seawheeze.com/


8 de abril de 2018
Sunshine Coast - 21 km
http://www.foolsrun.com/


WHISTLER
A apenas duas horas de distância de carro de Vancouver, partindo para o norte, Whistler é atualmente o principal destino turístico do Canadá. Composta por duas majestosas montanhas, a vila é considerada perfeita para esqui e snowboarding, além de contar com quatro campos de golfe oficiais, lojas, restaurantes e bares, trilhas para caminhadas, spas e um incrível parque de mountain bike.
Desde teleféricos até lojas, hotéis e acomodações, restaurantes, entretenimento e atividades são acessíveis pelo Passeio da Vila, uma passarela de pedestres. Essa é a principal característica de Whistler. O resort tem a maior área esquiável da América do Norte, com 200 pistas.
Para quem pretende correr a prova e fazer turismo, sem se aventurar no esqui, a gôndola Peak 2 Peak leva a um passeio de 4 quilômetros a 436 m de altura, com uma vista incrível das montanhas.
Neste ano, uma grande novidade: além da meia-maratona com um percurso inédito, haverá o lançamento da prova de 30 km. Nos dois casos, o ponto de partida é o Parque Olímpico que recebeu as competições dos Jogos de 2010. Nos dois casos, o pano de fundo são as geleiras cobertas de neve. Como é uma região montanhosa, o sobe e desce faz parte das corridas, não há como fugir disso. Por sinal, nos 30 km, os corredores fazem o trajeto da meia-maratona mais 8,9 km de trilhas em cascalho.


3 de junho
Whistler Half Marathon (30 km e 21 km)
http://www.whistlerhalfmarathon.com/


CALGARY
Calgary está localizada na província de Alberta, a 80 quilômetros das Montanhas Rochosas Canadenses e a 300 quilômetros da fronteira com os Estados Unidos. Cidade moderna, com 1 milhão de habitantes e muito atraente para os turistas. A altitude é de pouco mais de 1 mil metros acima do nível do mar.
Trata-se da maior cidade "caipira" canadense, ou melhor, country, com destaque para a festa de rodeio, o Calgary Stampede. Pode ser também a "porta de entrada" para Banff e Lake Louise.
Atrações turísticas não faltam, como o Heritage Park Historical Village (o maior museu de história viva canadense) e o zoológico local, inaugurado em 1929, além da Calgary Tower (191 metro de altura e com restaurante giratório) e o Devonian Gardens (um jardim com mais de 20 mil plantas e um aquário de tartarugas).
A corrida principal é a Calgary Marathon, com opções também de 50 km, 21 km e 10 km. O trajeto da maratona é um verdadeiro tour pela cidade, com pouca variação de altimetria e certificação da AIMS. Há mapas de todas as distâncias e também informações sobre hospedagem, além de inscrições abertas, no site oficial.


28 de maio
Calgary Marathon (50 km, 42 km e 21 km)
http://www.calgarymarathon.com/


OTTAWA
A capital do Canadá será o ponto de partida das comemorações de 150 anos do país, comemorados em 2017. Uma das atrações é a região do ByWard Market, um dos mercados públicos mais antigos, com restaurantes e lojas. O Dows Lake Pavilion, patrimônio da Unesco, reúne viajantes e moradores nos dias gelados para patinar. Nos meses mais quentes, essa grande área vira um parque de diversão.
Museus de qualidade também não faltam, como os de História Natural, Aviação e do Espaço, de Ciência e Tecnologia e até o da Guerra fria, além, claro, do Museu da História. Como é tradição no país, há festivais culturais ao longo do ano.
Cercada pelo rio Ottawa e o pelo Rideau, a cidade possui uma enorme área verde, com vários espaços para piqueniques e praias urbanas. Os passeios de barco, caiaque e as trilhas de bicicleta são alguns dos programas favoritos de quem visita Ottawa na primavera ou verão.
Ao entrar no site oficial já aparece a frase de recepção da organização: "Bem-vindo a maior e mais rápida maratona do Canadá". Com cerca de 7 mil participantes, o evento é também um dos dois do país a contar com o selo ouro da IAAF (o outro é a Toronto Waterfront Marathon). A variação altimétrica é bem pequena. A prova tem largada e chegada em pontos diferentes, mas extremamente próximos.


28 de maio
Ottawa Marathon (42 km e 21 km)
http://www.runottawa.ca/


MISSISSAUGA
Integrando a região metropolitana de Toronto, Mississauga é a sexta maior cidade do Canadá e destaca-se pela área de negócios, com as sedes canadenses da Microsoft, Citibank, TD Bank, Walmart, Target e Air Canada, entre outras. É também o centro de distribuição de diversas redes de supermercados do país, como Sobey's, IGA, Price Chopper, Loblaws, Maxi e Provigo.
Uma cidade multiétnica, com mais de 30 idiomas diferentes, incluindo o português. Banhada pelo Lago Ontário, destaca-se pelas belezas naturais, que contrastam com os grandes edifícios. O Bradley Museum e o Benares Historic House merecem a visitação, assim como o Mississauga Square One, um dos maiores shoppings do Canadá com mais de 150 mil metros quadrados e 360 lojas.
A Mississauga Marathon ocorre em maio, também com a possibilidade de fazer 21 km. As duas provas são downhill, ou seja, "morro abaixo", com a inclinação na meia-maratona sendo ainda maior. A largada ocorre na Celebration Square, ao lado da prefeitura, com uma reta de mais de 5 quilômetros, e parte para a Mississauga Road, passando pelo campus da Universidade de Toronto, campo de Golfe e Country Club, para então começar a passear pela região do Lago Ontário, com a chegada no Lake Front Promenade Park. A diferença do ponto de partida até o de chegada é de 80 m, portanto resultados não podem ser homologados como recorde mundial.


7 de maio
Mississauga Marathon (42 km e 21 km)
http://mississaugamarathon.com

Deixe o seu comentário


Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados