Revista Contra-Relógio
// Especial //

14 motivos para correr na França

Edição 282 - MARÇO 2017 - ANDRÉ SAVAZONI

Meias e maratonas são uma atração a mais no roteiro turístico pelo país, incluindo ainda uma opção de 16 km entre a Torre Eiffel e o Palácio de Versalhes.

O roteiro deste mês da série especial da Contra-Relógio de volta ao mundo por 42 km e 21 km, que começou em agosto do ano passado, inclui algumas provas tradicionais na França, como a Meia de Paris (a terceira maior do mundo) e a Maratona dos Alpes-Marítimos Nice-Cannes, mas também incluímos corridas desconhecidas da maioria (como uma ultramaratona trail com quatro distâncias diferentes com boa parte na zona urbana de Paris e as maratonas do Mont Saint-Michel e de La Rochelle.

Publicidade


Março
MEIA-MARATONA DE PARIS
21 km
www.fitbitsemideparis.com/fr/
Correr em Paris é uma experiência única, principalmente ao passar pela Torre Eiffel, o Arco do Triunfo ou a Champs-Elysées, cartões-postais incluídos nos 42 km (leia texto na sequência sobre a maratona francesa). Porém, a Cidade-Luz é muito mais. Há regiões incríveis e atraentes, e dessa forma, a Semi-Marathon de Paris, realizada tradicionalmente no início de março (foi realizada no dia 5 deste mês), leva os corredores a uma experiência diferente.
O trajeto passa pelo Rio Sena e tem como ponto alto a Praça da Bastilha, com largada e chegada no Parque das Flores (diante do Château de Vincennes), com acesso bem fácil pelo metrô.
O site oficial (www.semideparis.com) é muito completo (assim como a página no Facebook) e o processo de inscrição extremamente tranquilo. Nesse momento, você opta pelo ritmo de tempo previsto para a conclusão (o que definirá o horário de largada). Uma vez confirmada a participação, passa a receber todas as informações necessárias por e-mail. Há largadas por ondas, separadas em baias. A elite parte às 10h e a última onda às 11h30.
A feira de entrega dos kits, apesar do excelente local em termos de infraestrutura e acesso (metrô) é pequena. Mas tudo funciona como o esperado. Em termos de atrações, não espere nada de especial. Chega a ser tímida e contrasta com o tamanho da prova, a terceira maior do mundo na distância, com mais de 35 mil participantes de 120 países.
Aproveitando o dia de retirar o kit, visite o Château de Vincennes - irá passar ao lado dele ao sair do metrô (www.chateau-vincennes.fr). É um dos castelos mais importantes da história da França, com o início da construção no século 12. O mês de março é tradicionalmente de temperaturas baixas em Paris. Assim, o frio será sempre um aliado; o percurso, 95% plano, ratifica a possibilidade de quebra de recordes pessoais.
Uma dica: no dia da meia-maratona é importante ir com um pouco de "sobra" de tempo para o metrô, que fica bem lotado na linha 1 (afinal, praticamente todos os inscritos e acompanhantes, totalizando em torno de 50 mil pessoas, usam esse meio de transporte).
Mesmo com a separação por ritmo (não é pedida uma comprovação no ato da inscrição), muita gente não respeita a divisão. Mas a aglomeração é apenas no começo porque logo se consegue correr no ritmo previsto. E atenção: tradicionalmente são "somente" três pontos de hidratação com água, o que não chega a ser um problema, devido à temperatura. A meia-maratona também é uma festa, com muitas bandas de música, praticamente uma a cada 500 m. Sem falar do público nas ruas, incentivando amigos, parentes e desconhecidos. A concentração maior, como não poderia deixar de ser, é na Praça da Bastilha.
Na chegada, além de água e isotônico, frutas, chá, café e uma manta térmica para os concluintes. Muitos corredores aproveitaram para comer nas lanchonetes montadas no local e curtir mais alguns momentos com os parentes ou amigos no Parque das Flores.


16 a 19 de março
ECOTRAIL DE PARIS
18, 30, 45 e 80 km
www.traildeparis.com/
O que acha de correr uma prova trail em um ambiente urbano, ainda mais em Paris? E com opções para todos os níveis de corredores, dos 18 aos 80 km, divididas em quatro dias de disputa, de quinta-feira a domingo? Bem, essas são as características principais do EcoTrail de Paris, que ocorre no mês de março.
O evento surgiu em 2008 e criou dúvidas e expectativas nos corredores. O objetivo inicial foi organizar uma corrida de cross-country na Ile-de-France, com a chegada no coração de Paris, diante da Torre Eiffel. Dessa forma, a competição chega à 10ª edição com um lugar reservado no calendário esportivo.
O trajeto dos 80 km parte de Saint Quentin-en-Yvelines e termina na Torre Eiffel, após percorrer parques e bosques (como em Versalhes, Chaville, Meudon) e o Campo de Marte, entre outros locais turísticos e de contato com a natureza. Já a largada dos 45 km é no Castelo de Versailles, ao longo do Grande Canal, e segue em direção a Paris. Ao chegar na capital francesa, segue o Rio Sena e termina na Torre Eiffel. Todos os trajetos, com descrições e mapas podem ser conferidos no site oficial que é simples, mas de fácil navegação. Os inscritos recebem bilhete de transporte público para se deslocar até as largadas.


19 de março
RUN IN MARSEILLE
10, 21 e 42 km
www.runinmarseille.com/fr/
Os atrativos começam pelo local. Marselha tem mais de 2.600 anos, sendo a segunda maior cidade francesa em população e, claro, a mais antiga. Essa tradição não impede a miscigenação com a África e o Oriente Médio, além da influência dos italianos.
Em uma faixa de apenas 60 quilômetros de litoral, no Mar Mediterrâneo, existem 14 portos! Claro que a Maratona de Marselha é percorrida, em sua maior parte, pela orla, em um visual incrível e que ajuda nos resultados. A relação com o esporte é enorme, incluindo a paixão pelo Olympique de Marseille, o mais popular do futebol francês.
Falando exclusivamente das provas (há opções também de meia-maratona e de 10 km), a rota é um verdadeiro tour por Marselha. A organização é excelente e o site bem completo.


2 de abril
LA FOULÉE IMPÉRIALE DE FONTAINEBLEAU
10 e 21 km
www.lafouleeimperiale-fontainebleau.fr/
Localizada a apenas 40 minutos de Paris, Fontainebleau pode ser explicada como uma cidade entre um castelo e uma floresta, que respira cultura e esportes. O Chateau de Fontainebleau é Patrimônio Mundial da Unesco desde 1981.
E essa é a grande atração da La Foulée Impériale de Fonainebleau, uma prova pequena (limitada a 1.500 participantes nos 10 km, 900 para a meia-maratona e 500 nas corridas dedicadas às crianças), mas bem organizada e com visual/experiência únicos. O trajeto é rápido, tanto que o tempo limite de conclusão é de 1h30 para os 10 km e 2h30 nos 21 km. O contato com a natureza também faz parte dos 21 km, já que a Floresta de Fontainebleau tem 25 mil hectares, com fauna e flora diversificadas.


9 de abril
MARATONA DE PARIS
42 km
www.schneiderelectricparismarathon.com/us/
A Maratona de Paris é uma prova gigante, com mais de 43 mil concluintes na edição de 2016 e que exige uma programação prévia, com as inscrições sendo feitas com boa antecedência (como ocorre no circuito das Majors). Em tese, essa série que estamos produzindo para a Contra-Relógio não engloba as provas conhecidas, porém, neste caso, abrimos uma exceção bem justificada: não há como citar um roteiro de meias e maratonas pela França e não colocar os 42 km da Cidade-Luz.
Correr em 2017 é algo não mais possível, pois as inscrições estão encerradas, porém, para sonhar em estar na linha de largada no próximo ano, a programação tem de ser feita neste primeiro semestre, o que reforça a inclusão da Maratona de Paris no roteiro.
Um dos pontos positivos de participar da prova é que, ao contrário de outras irmãs gigantes, como Nova York, é possível se deslocar diretamente pelo transporte público sem a necessidade de ficar horas aguardando para começar a correr. Em abril, a temperatura é outro atrativo. Em 2016, ficou entre 14° e 18C, ou seja, mais do que perfeito para uma maratona.
Champs-Elysées, Place de la Concorde, Rue de Rivoli, Museu do Louvre, Praça da Bastilha, áreas verdes do Bois de Vincennes e Bois de Boulogne, margens do Rio Sena, Torre Eiffel, Arco do Triunfo... Não estamos falando de turismo, mas do roteiro dos 42 km. Com muito público o tempo todo (inclusive há um roteiro para os acompanhantes fazerem de metrô e observarem os corredores diversas vezes ao longo do trajeto).
Sem falar que, após concluída a corrida, a festa e os próximos dias de turismo serão passados em Paris, ou seja, se existe uma lista de maratonas para se fazer ao menos uma vez na vida, a prova francesa precisa entrar na relação.


9 de abril
MEIA-MARATONA DE NICE
10 e 21 km
www.nicerunningday.com/
Nice é um dos destaques da Côte d'Azur, distante apenas 32 quilômetros de Cannes (leia sobre a Maratona Nice-Cannes a seguir). Trata-se de um dos pontos mais visitados pelos turistas franceses e estrangeiros, chegando a 4 milhões ao ano.
A localização entre a montanha e o mar é um dos atrativos, com destaque para os passeios pelo famoso calçadão, o Promenade des Anglais, ou a vista do Château de Nice, datado do século 11. A gastronomia também está incluída nos destaques de Nice, além de famosos museus, como os dedicados às obras de Henri Matisse e Marc Chagall. Dentro da Cidade Velha há um labirinto de pequenas casas que hoje abrigam lojas, bistrôs e restaurantes.
A edição de 2017 será especial em Nice. Após o trágico atentado terrorista de 14 de julho (um caminhão invadiu a celebração do Dia da Bastilha, na principal avenida da cidade, localizada no litoral, a Promenade des Anglais, deixando 84 mortos e 18 feridos) foi proibido qualquer evento na via por um ano, ou seja, até 14 de julho de 2017 em homenagem às vítimas.
Por isso, a organização da Semi-Marathon International de Nice trabalhou em um formato diferente para 2017, alterando o percurso e ampliando o sistema de segurança, mudando também a data. Dessa forma, os 21 km (há também uma prova de 10 km) serão realizados ao redor e dentro do Allianz Riviera Stadium, do clube local, um dos destaques do Campeonato Francês.
Um atrativo, segundo o regulamento, é que todos os homens que completarem a meia-maratona em tempo inferior a 1h09 e as mulheres, a 1h29, receberão 100 euros de bônus de premiação.


15 de abril
MEIA E MARATONA DE BORDEAUX
21 e 42 km
www.marathondebordeauxmetropole.com/
No site oficial, os organizadores definem a Maratona de Bordeaux: "A celebração da corrida e da história em uma das regiões mais atraentes da Europa". Nada mais justo. Tanto a maratona quanto a meia têm largada às 20h na Place de la Bourse, ou seja, toda noturna e dentro dos limites da cidade.
Os dois percursos são completamente fechados ao tráfego de veículos e englobam as margens do Rio Garonne, na região central de Bordeaux, atravessam a extensa região de vinhedos e retornam pelo centro histórico. A linha de chegada está localizada entre Place de la Bourse e o Miror d'Eau, o maior espelho d'água do mundo, com uma área de 3.450 metros quadrados.
A viagem a Bordeaux não pode contar "apenas" com a parte esportiva. Precisa ser estendida. De preferência, claro, após os 42 km ou 21 km completados. A cidade passou por uma grande reforma em décadas passadas. Boa parte das ruas do centro foi convertida em calçadões para pedestres. As margens do Rio Garonne transformaram-se em um grande parque onde os moradores correm, pedalam e passeiam. Velhos armazéns se transformaram em bares, discotecas e lojas, locais que estarão inclusive abertos na noite das provas.
Outro atrativo de Bordeaux, incluindo a região do Médoc, são os famosos vinhos. Há inúmeras vinícolas abertas à visitação e vale traçar um roteiro prévio e, até, marcar os passeios pela internet.


28 de maio
MARATONA DO MONTE SAINT-MICHEL
42 km
www.marathondumontsaintmichel.com/fr
Mont Saint-Michel é um vilarejo medieval todo murado da Normandia, localizado a 360 quilômetros de Paris. Trata-se de um pequeno morro, onde foi construída uma abadia dedicada a São Miguel Arcanjo. Durante a Revolução Francesa, perdeu o seu contexto religioso e se tornou uma prisão até 1863. Em 1979, foi declarado como Patrimônio da Humanidade pela Unesco.
Mas o que chama a atenção, além da história e arquitetura, é o destaque da natureza. A subida da maré é tão violenta que pode ser assistida como um espetáculo, uma atração turística. Em pouco mais de uma hora, o mar inunda a área ao redor das muralhas e transforma o monte em uma ilha.
É nesse contexto que está inserida a Maratona do Monte Saint-Michel, ou seja, em uma baía de tamanho natural, com rotas majestosas e o morro como ponto principal. Frequentemente classificada entre as 10 mais belas maratonas do mundo, a prova já faz parte do patrimônio cultural francês.
Tradicionalmente, são cerca de 5 mil corredores de 30 nações. A história da prova também é bem interessante. A ideia de um percurso ao longo da baía e chegada ao pé da Abadia era uma escolha óbvia para um grupo de amigos que pertencia ao Lions Clube. A rota única tem sido um desafio maravilhoso para milhares de corredores desde 1998.
Agora, no mês de maio, O evento festeja o 20º aniversário, uma grande ocasião para oferecer dois novos formatos de corrida: a magnífica trilha ao longo da Costa da Normandia, que terminará no topo da Abadia, e a inclusão de uma meia-maratona.
Além das corridas, os participantes e visitantes poderão descobrir o patrimônio, especialidades culinárias e os segredos da baía em um final de semana especial.


24 de setembro
MEIA-MARATONA DISNEYLAND PARIS
5, 10 e 21 km
http://run.disneylandparis.com/
As corridas da Disney são uma tradição nos parques de Orlando (com provas ao longo do ano, com destaque para os eventos de janeiro) e na Califórnia (com a Meia-Maratona Star Wars, entre outras). Porém, é possível também fazer 21 km na Disneyland Paris.
A sequência de provas segue a tradição dos EUA. Tem 5 km na sexta, 10 km no sábado e os 21 km no domingo. Claro que também existem Desafios, com medalha exclusiva e as corridas de 10 km + 21 km ou ainda a possibilidade de duas meias no mesmo ano: na França e outra nos Estados Unidos. O site oficial traz todas as informações.
Vamos focar na prova francesa que tem o mesmo sistema que conhecemos dos eventos norte-americanos, com inúmeros personagens espalhados pela rota (com destaque para o filme com os gatinhos de "Os Aristogatas", que se passa em Paris, entre outros) e muita magia, além de um trajeto plano, rápido e bem organizado, com separações por ritmo.
A meia-maratona Disneyland Paris - Val d'Europe passa pelo interior dos dois parques temáticos, além de vilarejos na região. O evento teve início no ano passado. No Walt Disney Studios Park você correrá pelo Hollywood Boulevard e passará pela Torre de Terror. Já no Parque Disneyland atravessará Main Street, cortará o Castelo da Bela Adormecida e, em seguida, através do campo e aldeias que cercam os dois locais, retornará até a linha de chegada na Disney Village.


24 de setembro
PARIS-VERSAILLES
16 km (10 milhas)
www.parisversailles.com/
A tradição dessa série especial é apresentar meias e maratonas aos leitores da Contra-Relógio, mas incluímos uma exceção, a Paris-Versailles La Grande Classique, de 10 milhas, ou seja, 16 km.
Visitar a Torre Eiffel e o Castelo de Versailles são duas "obrigações" dos turistas que passeiam por Paris. Então, que tal ir de um ponto ao outro correndo? Uma prova cheia, com mais de 24 mil participantes e com as inscrições acabando rapidamente.
O trajeto é repleto de subidas e descidas, ou seja, exige uma boa preparação física, tanto que o atestado médico é obrigatório e consta do regulamento. A animação também está garantida, com músicos separados por 12 pontos de animação ao longo dos 16 km.
O site oficial é completo e traz o mapa do percurso, além de vídeos de edições anteriores e outras informações importantes aos corredores.


Outubro de 2017
MARATONA DE LYON
10, 21 e 42 km
www.runinlyon.com
Lyon é considerada uma das cidades mais bonitas da França, além de ser apontada como o centro gastronômico de um país conhecido por grandes chefs. Está distante 2 horas de trem de Paris e a apenas 1 hora de Genebra, na Suíça.
Em termos turísticos, tem extraordinário patrimônio arquitetural composto de vestígios do Império Romano e de edificações que datam da época em que foi uma importante cidade medieval.
Mas a gastronomia é realmente o carro-chefe. Dos mercados aos bouchons (pequenos restaurantes que servem comida típica da região), a comemoração depois da maratona ou da meia está mais do que garantida. Lembrando ainda que Lyon está ao lado de duas das principais regiões produtoras de vinho da França: Beaujolais e Côtes du Rhône.
Lyon é dividida por dois rios: Saône e Rhône; entre eles, está a Presqu'île, uma das regiões mais charmosas e com maior concentração de atrações turísticas. Classificada como patrimônio da humanidade pela Unesco, é perfeita para passeios a pé, incluindo a Place BelleCour: a maior praça exclusiva para pedestres da Europa, local de largada e chegada tanto dos 42 km quanto dos 21 km - o local tem ainda a principal estação do metrô, além de várias linhas de ônibus e bonde ao redor, e inúmeros hotéis. A retirada do kit ocorre nessa praça.
O percurso é extremamente plano, com poucas curvas e longas retas, e a temperatura média fica entre 10 e 15°C. A organização também se destaca, com largadas em ondas e a inexistência de engarrafamentos. Ou seja, é possível correr no ritmo previsto desde o início. O trajeto passa pelas margens dos dois rios, pelas regiões novas e antigas da cidade, pela Ponte Paul Bocuse, pelo Parc de la Tête d`Or (com o Museu de Arte Moderna ao centro). O cais do Rio Rhône e inúmeros outros pontos turísticos fazem parte da segunda metade, como o Museu da Confluência, o Espace Verney-Carron, o Estádio Gerland e o Parque Gerland.
Se o objetivo é unir turismo com uma maratona não tão "famosa" entre os brasileiros, pense com carinho em Lyon. A data não estava confirmada até o fechamento desta edição.


5 de novembro
MARATONA NICE-CANNES
42 km
www.marathon06.com/2017/
"Desfrute de um fim de semana ou mais dias ao lado do mar, de montanhas cobertas de neve em plena Riviera francesa aquecida pelo sol de outono". Esse é o convite dos organizadores da Marathon des Alpes-Maritimes Nice-Cannes, que chega à 10ª edição.
Nice tem uma localização ideal entre o Mar Mediterrânico e as montanhas, estando a apenas alguns quilômetros da fronteira italiana. Com um clima ameno, sol constante, vários tipos de paisagens e claro, magníficas praias de um azul inconfundível, torna-se uma região de férias por excelência. Uma cidade que mistura história, cultura, arte, eventos, lazer, natureza e culinária cheia de sabores distintos. Do outro lado, Cannes e a tradição cultural, com destaque para o cinema, além de um visual tão ou mais bonito.
São 42.195 m de um percurso único na beira-mar, com vista para montanhas de neve eterna, em um visual de tirar o fôlego. A largada ocorre na Promenade des Anglais, em Nice, e chegada no Boulevard de la Croisette, perto do famoso Palácio do Festival Internacional de Cinema de Cannes, onde uma grande festa aguarda os maratonistas.

26 de novembro
MARATONA LA ROCHELLE
10 e 42 km
www.marathondelarochelle.com/index.php/fr/
Com mais de mil anos de história, La Rochelle é cercada por edifícios históricos, dos séculos 15 a 18, respirando também esportes, principalmente os aquáticos, como vela, mergulho e natação.
Trata-se de uma das cidades mais bonitas da Costa do Atlântico, no sudoeste da França. Entre as principais atrações turísticas estão as Trois Tours (Três Torres), La Porte de la Grosse Horloge (a Porta do Grande Relógio) e o Aquarium.
Um dado interessante da prova, que tem largada por ondas e separadas por cores, é que são dois pontos de partida, com os corredores se encontrando no km 3,3. Essa estratégia foi criada a partir de 2001 e visa acelerar a largada, com 2/3 dos inscritos partindo da Doca Maubec e 1/3 da Louis Prunier, ambos na região do famoso porto de La Rochelle, com a arena de chegada também na região portuária e muita festa.


Fevereiro
MEIA-MARATONA DE CANNES
10 e 21 km
www.semi-cannes.com
Os principais astros de Hollywood já estiveram pelo menos uma vez na vida em Cannes. A cidade da Costa Azul francesa está na rota do cinema desde 1946, quando teve início o famoso festival local. E tudo gira em torno da sétima arte.
No calçadão de La Croix estão localizados os célebres hotéis (como o Carlton e o Majestic), os cassinos, as lojas de alta costura e, claro, o palácio onde ocorre o Festival de Cinema e a entrega da disputada Palma de Ouro. A badalação atinge níveis estratosféricos na época do evento, no mês de maio, e no resto do ano a cidade fica mais tranquila, mas não menos impressionante.
Cannes também sedia o Lions, que premia com os famosos Leões de Ouro os melhores da publicidade, desde 1954, e o Midem, uma das maiores e mais importantes feiras de música, inaugurada em 1967.
A largada dos 10 km ocorre às 9h e da meia-maratona às 9h45, no Boulevard de Pantiéro, bem em frente ao antigo porto de Cannes (a 100 m do Palácio dos Festivais), com a chegada no mesmo local. O trajeto é todo na beira-mar, com a vista do Mediterrâneo e das belezas de Cannes.



Vinho, festa e 42 km
Definida como "Le marathon plus long du monde" ("A maratona mais longa do mundo", em referência ao zig-zag depois dos primeiros copos de vinho), a Marathon du Medoc, na França (www.marathondumedoc.com) é uma grande festa por 42 km. Os organizadores aproveitam para dar um conselho: "O corredor deve beber com moderação sem se preocupar com a performance. Recomenda-se dançar, cantar e apreciar o percurso".
A prova ocorre anualmente no mês de setembro (em 2017, está marcada para o dia 9) na região de Bordeaux, com as inscrições abrindo em fevereiro ou março e acabando rapidamente (não tinham começado até o fechamento desta edição). A entrega dos kits, bem como a maratona, ocorre em Pauillac, uma pequena cidade que fica distante 51 km de Bordeaux. A cada ano, a organização define um tema para que os corredores vistam fantasias.
A largada ocorre às 9h30, à beira do Rio Gironde, com espaço reservado para os corredores competitivos. Há interdição total de automóveis e bicicletas até a conclusão do evento. O tempo estipulado de 6h30 para completar os 42 km. Os números chamam a atenção. São 21 postos com água, frutas, pães e biscoitos; 20 postos para degustação de vinhos, ostras, carnes, sorvetes e queijos. O terreno, ora o pedregoso típico da região ora de asfalto, impõe certa dificuldade, além de inúmeras subidas e descidas.


OUTRA OPÇÃO - A Marathon du Beaujolais (www.marathondubeaujolais.org), marcada para o dia 18 de novembro, é outra possibilidade de unir duas paixões: pela corrida e pelo vinho (Além dos 42 km, há outras duas distâncias: meia-maratona e 12 km. Durante o trajeto da maratona, nove postos de abastecimento com água, mas o carro-chefe são as taças do Beaujolais francês, além de queijos! A prova ocorre na região de Villefranche-sur-Saône. O slogan no site já revela a "cara" da corrida: "Uma maratona sem moderação". No trajeto, vinhedos e castelos medievais, cruzando 12 pequenos povoados. O limite de conclusão é de 6 horas, ou seja, dá para correr, beber e até comer bem!

Deixe o seu comentário


Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados