Revista Contra-Relógio

Fique atualizado com as últimas informações do mundo da corrida

// Últimas/

Tatiele e Giovani vencem os 10.000 m no Troféu Brasil de Atletismo

14/maio/2015

Tatiele Roberta de Carvalho e Giovani dos Santos foram os vencedores dos 10.000 m no primeiro dia de disputas do Troféu Brasil de Atletismo, hoje, em São Bernardo do Campo. Nos 100 m, Rosangela Santos (foto) e Ana Cláudia Lemos fizeram índices para a Olimpíada do Rio.

Atleta da Orcampi/Unimed, de Campinas, Tatiele venceu com 33:43.93. Completaram o pódio Joziane da Silva Cardoso (FMEC) com 33:54.91 e Tatiana de Souza Araújo (Pinheiros) com 34:29.34.

Tatiele disse que levou a prova de forma estratégica até os 6.000 m, quando sentiu cansaço muscular. “A partir desse momento, o mais importante foi a confiança e a garra”, ponderou a corredora. “O vento estava muito forte. Prejudicou. O foco é o PAN. Espero estar lá representando bem o Brasil”, afirmou Tatiele que, no sábado, disputará os 5.000 m no Troféu Brasil.

Já no masculino, Giovani (Pé de Vento/Caixa) confirmou o bom momento na carreira, com o primeiro lugar, com 28:39.54. “O nível da prova foi bom, corri bem, mas o vento atrapalhou”, disse Giovani. “Acho que poderia ter feito a prova em 28 minutos, se o tempo estivesse melhor”, afirmou. “Agora, vou correr a Maratona de São Paulo, no domingo.”

O pódio nos 10.000 m teve ainda Solonei Rocha da Silva (Orcampi/Unimed) com 29:28.06 e Gilmar Silvestre Lopes (Pé de Vento/Caixa), com 29:48.90.

OLIMPÍADA – As velocistas deram um show hoje. Rosangela Santos (Pinheiros), medalha de ouro dos 100 m, e Ana Cláudia Lemos (BM&FBovespa), prata, se destacaram na Arena Caixa. Elas conseguiram os índices para os Jogos do Rio-2016.

Rosangela ganhou a final com 11.08 (0.2) e a sua série semifinal, com 11.14 (1.8). Ana Cláudia fez a final em 11.36 (0.2) e a semifinal em 11.28 (0.6). Com isso, as duas superaram a marca mínima de 11.32 para a qualificação olímpica, que começou a valer a partir de 1º de maio, segundo os critérios da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

“Estou muito feliz pela minha temporada e agora com minha vitória no Troféu Brasil. É o resultado de muita dedicação nos treinos e de superação de dores e de contusões”, comentou Rosangela, que superou duas vezes seu recorde pessoal. Embora feliz com o índice olímpico, a velocista prefere pensar a curto prazo. “Meu foco é o Pan de Toronto, o Mundial de Pequim e o Mundial Militar. Tudo isso é muito gratificante”, completou.

Recordista sul-americana com 11.01, tempo obtido em abril passado, Ana Cláudia comemorou o pódio. “Meu objetivo era a vitória, claro, mas hoje era do dia da Rosangela. É muito bom o Brasil ter duas atletas já qualificadas para a Olimpíada e correndo com possibilidades de fazer uma final no Mundial de Pequim”, lembrou. “Este é o tipo de rivalidade muito saudável, que só ajuda o Brasil.”

Vitor Hugo dos Santos (Brasil Foods/ILF), de 19 anos, venceu os 100 m masculino com 10.22 (0.1), quebrando o recorde brasileiro e sul-americano de juvenis da prova. Vitor, vice-campeão mundial de menores dos 200 m, era o recordista brasileiro, com 10.29 (1.9). Já a melhor marca sul-americana era do panamenho Alonso Edwards com 10.28, desde 2007.

O Troféu Brasil prossegue nesta sexta-feira, em São Bernardo. Clique aqui e veja a programação completa do dia e os resultados.

Foto: Wagner Carmo/CBAt

Postado em: Resultados, Troféu Brasil por André Savazoni às 23:51

Deixe o seu comentário

// outros blogs //

Blog da CR

"Este ano eu entro no Ranking!" Participe do Desafio CR!>> LER POST

Na Corrida

Detalhes da Maratona de Santiago>> LER POST

Linhas de Chegada

Treino para Maratona gera RP nos 10km>> LER POST

Vida Corrida

Primeira Maratona de Diogo Junqueira.>> LER POST

Publicidade

Calhau

Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados