Revista Contra-Relógio

Danilo Balu é Bacharel em Esporte e corredor há mais de 20 anos. Trabalha com Marketing Esportivo. A corrida é terapia, é lazer, trabalho, hobby e objeto de estudo e leitura.

De Próteses, vantagens e análises deficientes.

3/dezembro/2013

A capacidade de análise é talvez a maior das virtudes que um escritor ou pesquisador possa ter. Você pode até não gostar do que ouve, mas se sente sem condições de contra-argumentar. Nessa 2ª feira, naquelas reportagens típicas do Esporte Espetacular vimos um desserviço ao tentar colocar fim no debate das próteses ajudando o desempenho de velocistas amputados.

Irineu Loturco, diretor técnico do Núcleo de Alto Rendimento do Grupo Pão de Açúcar, foi um dos convidados do programa pra responder dúvidas. Loturco é conhecido e reconhecido por ser um grande estudioso quando o tema é treinamento no alto desempenho. Eu fico é me colocando no lugar dele se fosse eu o convidado pra um circo como esse que foi armado.

Falo assim porque quando o ídolo mundial paraolímpico era um sul-africano, o debate era restrito aos veículos especializados, e como o povo brasileiro não gosta de esporte, gosta é de ganhar, a ascensão de Alan Fontelles trouxe o assunto para conversas de botequim. Até aí tudo bem, uma pena é que o debate na maior emissora de TV do continente tenha sido superficial.

Foi no mínimo constrangedor ver a conclusão. Utilizando o que há de muito moderno na análise de cargas biomecânicas, juntaram Fontelles e um dos maiores velocistas do país na atualidade, o Aílton Feitosa. Quando ao final, querendo dizer o que o torcedor Pacheco-Patriota-Brasil-sil-sil-da-Silva quer ouvir, você vem e afirma que não há benefícios no uso das próteses, ou você mente, ou você se equivoca ou simplesmente tem que bancar o oposto do que dizem muitos outros especialistas no assunto.

Mentir, definitivamente o Dr. Loturco não mente em assunto dessa seriedade. Mas se equivocou. E muito. É do jogo. Num teste apressado usando apenas um atleta não-amputado, inespecífico com grande ênfase na articulação que não é a central e também analisando aspectos não afetados pela próteses como o tempo de reação, parece que Fontelles corre de igual pra igual com os demais. Não corre. Tem vantagens e elas são enormes como a matéria deixou de mostrar.

Quem lê este espaço sabe do apreço que tenho pela vantagem da dieta low-carb sobre a “tradicional”. Vou fazer um discurso parecido. Apesar de eu já ter escrito sobre o assunto aqui, NÃO acredite em UMA LINHA do que eu digo. Eu posso estar mentindo. Prefiro deixar que você mesmo se informe sobre o tema. Onde? Você pode ler aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui ou ainda aqui, ou pensar que como disse equivocadamente o Esporte Espetacular e o Dr. Loturco, que Alan Fontelles não tem benefícios com as próteses. Deixo para a conclusão de vocês.

*Para amenizar o dia, deixo abaixo matéria da Fox Sports que elegeu os 5 maiores acidentes em competições de atletismo. O #4 eu não conhecia

Postado em: Atletas, Comportamento, Curiosidades, Fisiologia & Treinamento, Jogos Olímpicos, Legislação/Regras, Lesões/Fisioterapia, off-topic, Tecnologia, Track & Field por Danilo Balu às 1:30
5 comentários »

21/novembro/2013

Ainda sobre o tênis dos mais rápidos – por Alexandre Lopes

Quando escrevi sobre os tênis que usavam os mais rápidos em Nova Iorque, queria ouvir comentários, gerar um debate saudável, provocar e até informar.
Leia mais>>>


14/novembro/2013

Um pouco mais sobre os tênis dos líderes

Não vou mentir, o texto de 2ª feira sobre os tênis dos “100 mais rápidos em NY” foi curto porque não dá pra ser longo em blog e, mais importante, porque queria ouvir “vocês” e acho que deu certo.
Leia mais>>>


29/outubro/2013

Você está correndo o suficiente?

Agora fazem 7 anos que vendi minha sociedade numa assessoria que tinha cerca de 350 alunos.
Leia mais>>>


10/outubro/2013

Eu já me cansei faz um tempo…

Semana passada vi o título de duas matérias de veículos especializados em corrida.
Leia mais>>>


29/agosto/2012

180 passos por minuto. É mesmo o correto?

Lendo o fantástico livro Daniel´s Running Formula uma das coisas que aprendi é que o fundista deveria correr a uma frequência de 180 passos por minuto ou mais.
Leia mais>>>


14/agosto/2012

Desconstruindo o fenômeno Bolt?

A final olímpica dos 100m em Londres significou não só a coroação de Usain Bolt como o maior velocista de todos os tempos.
Leia mais>>>


15/maio/2012

Ainda sobre Desaquecimento…

Veja como são as coisas.
Leia mais>>>


9/maio/2012

As vantagens da turma do doping

Um tempo atrás, no “antigo” Recorrido falei sobre um muito interessante artigo da Slate que falava sobre supostos benefícios permanentes àqueles que se doparam.
Leia mais>>>



// outros blogs //

Últimas

Organização de Chicago anuncia a lista de elite com Dennis Kimetto>> LER POST

Blog da CR

Veja as próximas maratonas no Brasil>> LER POST

Na Corrida

Cia de Eventos anuncia estratégias para se aproximar dos atletas>> LER POST

Linhas de Chegada

Muita transpiração, pouca inspiração>> LER POST

Vida Corrida

Inovando com qualidade>> LER POST

Publicidade

CORRIDA DAS ACADEMIAS

Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados