Revista Contra-Relógio

Danilo Balu é Bacharel em Esporte e corredor há mais de 20 anos. Trabalha com Marketing Esportivo. A corrida é terapia, é lazer, trabalho, hobby e objeto de estudo e leitura.

4x100m – dá pra piorar? Dá! Sempre dá!

1/novembro/2013

Quando chegamos ao fundo do poço sempre dá pra cavar mais fundo, uma luz no fim daquele túnel apertado nem sempre é a esperança, pode ser um trem vindo. Parodiando o genial economista: As trapalhadas dos dirigentes do atletismo brasileiro têm um passado glorioso e um futuro promissor.

Em tempos de media training, depois da final do 4x100m feminino em Moscou bastava um deles juntar a mulherada da equipe numa sala, afinar e combinar um discurso honesto, mas adequado. Não precisava de nada muito rebuscado. Ou então era contar com o bom senso das atletas, mas elas pelo menos desde Londres/2012 já provaram que não têm muito.

Mas não! Vimos o que vimos, entrevistas atrapalhadas, apressadas, algumas frases covardes e a cobertura da imprensa torta como de costume. Agora, a emenda saiu pior do que o soneto. Soube pelo Webrun que a CBAt divulgou a lista dos atletas contemplados com a bolsa-pódio. A atleta Vanda Gomes, aquela que fechava o revezamento, teve retirado seu benefício. “Roubada” é um termo muito forte, mas faltaram com a verdade ao achar uma justificativa (não terminar a prova) para alegar que ela não atende as qualificações. Você pode não gostar do que ela falou (foi péssima), mas ao punir alguém que criticou é deixar um aviso: para receber o dinheiro você precisa ser amigo de nós, CBAt.

Conseguindo tornar uma grande confusão pior ainda, a CBAt vem reforçar que ela nunca nos decepciona. Porém, ela precisa ser relembrada que boa parte do financiamento a essa entidade privada, vem do bolso do contribuinte, então ela também deve explicações de suas decisões.

Já treinei equipes de 4x100m, é bem mais difícil do que parece você colocar 4 atletas tão velozes numa raia apertada e correndo juntos quase 20m ao som de uma barulheira tremenda. Naquela final, 3 das 8 melhores seleções do mundo trombaram, o que mostra o enorme desafio que é.

Enfim, é MUITO do jogo ter “acidentes” no 4x100m. As grandes equipes aparecem nas vitórias. Já as organizadas, aparecem nas indesejadas derrotas.

Brasileiras derrubam o bastão na final

Vanda e Franciela derrubam o bastão

Postado em: Atletas, Campeonato Mundial, Comportamento, off-topic, Track & Field por Danilo Balu às 1:00
5 comentários »

13/agosto/2013

Mundial de Moscou – Destaques e resumo

Desta vez decidi por não falar muito do Mundial porque sei que o leitor deste blog não tem a mesma paixão pela pista, mas é inevitável! Vamos fazer um resumão.
Leia mais>>>


6/agosto/2013

De Globo e Corrida

Tênis e Lesões Eu tenho uma crença enorme na capacidade dos ortopedistas em diagnosticarem um problema e tratamento na especialidade deles.
Leia mais>>>


15/julho/2013

Tyson Gay – tão veloz e tão humano

Funciona mais ou menos assim: quando vejo minha timeline e ela é sem fim, há competição importante rolando, mas quando as pessoas começam a fazer perguntas, é porque tem algo “diferente”.
Leia mais>>>


10/junho/2013

Troféu Brasil

Neste Troféu Brasil de Atletismo tive a honra e o prazer de “trabalhar” comentando ao vivo a competição pela Rádio Bradesco Esportes FM.
Leia mais>>>


2/abril/2013

Bolt in Rio

Neste domingo tive o privilégio de ver um dos maiores atletas de todos os tempos em ação! Deixei de passar a Páscoa com meus pais e fui à Copacabana ver o evento Mano a Mano.
Leia mais>>>


13/março/2013

Felix Sanchez

Diz a lenda que Steve Prefontaine insistia em se especializar nos 1500m/Milha.
Leia mais>>>


8/outubro/2012

A solidão do velocista

*este post estava agendado para a minha 2ª feira de microférias na qual espero estar caminhando tranquilo e com poucas dores pelas ruas de “mi Buenos Aires querida”.
Leia mais>>>


4/setembro/2012

De Pistorius, próteses e mau perdedor

Acima de tudo, o velocista sul-africano Oscar Pistorius é uma inspiração! Seu exemplo faz um bem provavelmente incalculável a outros (bi)amputados como ele.
Leia mais>>>


14/agosto/2012

Desconstruindo o fenômeno Bolt?

A final olímpica dos 100m em Londres significou não só a coroação de Usain Bolt como o maior velocista de todos os tempos.
Leia mais>>>


« Mais Antigos

// outros blogs //

Últimas

Medtronic faz seleção de 20 corredores para o time Global Champions 2017>> LER POST

Blog da CR

Vamos a Medellín? Pacote de três dias para assinantes da CR com a EC Tavares>> LER POST

Na Corrida

Edivaldo "Acerola" do Prado e 2h36 na Maratona de Montevidéu>> LER POST

Linhas de Chegada

Muita transpiração, pouca inspiração>> LER POST

Vida Corrida

Mesmo com uma rotina difícil, treinar é possível>> LER POST

Publicidade

BRUXAS

Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados