Revista Contra-Relógio

André Tarchiani Savazoni é jornalista, pai e corredor. Está sempre na corrida. Seja nos treinos, nas provas ou atrás dos filhos, Vitória e, principalmente, Pedro. E adora viajar para correr ou correr para viajar.

// Na Corrida//

Rumo a Porto Alegre: trabalho, doutorado, corrida, natação e um monte de outras coisas…

24/maio/2016

ALV16NRPA5866A designer e professora de design da Ulbra, Carina Prina Carlan, de 29 anos, vive a rotina de preparação para estrear nos 42 km na Maratona Internacional de Porto Alegre. Natação e musculação fazem parte dos seis dias de treinos semanais. “Muitas pessoas dizem que gostariam de ter minha disposição. Detesto decepcionar, mas não tenho disposição, acho que disposição é uma coisa que se arruma quando se deseja algo. Na maioria das vezes, saio para treinar me arrastando, mas dedico a mesma disciplina aos treinos que dedico ao meu trabalho”, afirma. Conheça a história de Carina, personagem na série Rumo a Porto Alegre.

“Até três anos atrás eu não sabia o que era ‘pace’. Comecei a correr faz uns dez anos, mas sem relógio, sem qualquer noção de distância. O esporte sempre fez parte da minha vida, porém, como nasci e morei em uma pequena cidade do interior do Rio Grande do Sul até os 17 anos, não tive acesso a outros esportes que não os da educação física do colégio e academias de musculação. Mas sempre dei um jeito. Desde os 11 anos pratico esportes com regularidade.

Em 2012 comecei a nadar e em 2013 entrei para equipe master de natação do Grêmio Náutico Gaúcho. Desde então mantenho uma rotina de 1h de natação de cinco vezes por semana (as vezes, seis), onde nadamos em média 2.500/3.000 m por dia, faça chuva ou sol.

A rotina de corridas manteve-se como esporte secundário, daqueles que a gente faz só para poder comer mais. A minha primeira prova de corrida foi um revezamento em octeto misto na Maratona de Porto Alegre em 2013. Meu trecho era de 5 km e resolvi fazer mais 5 km para acompanhar outra parceira.

ACC16TTT15411Depois, um revezamento em quarteto misto na Meia-Maratona de Porto Alegre, em 2014. Novamente corri os 5km e ganhamos primeiro lugar. Eu já estava baixando os tempos e correndo distâncias maiores, chegando a 16 km. Fiz minha primeira meia-maratona em 2014. No ano seguinte, fui vice-campeã da Meia de Porto Alegre. No mesmo ano, quinto lugar no revezamento de quarteto misto na TTT (Travessia Torres-Tramandaí) e segundo lugar geral nos 10 km na Atlântida/ Xangrilá Night Running. No final do ano, venci os 6 km da corrida do Grêmio.

O ano de 2016 começou com treinos exaustivos para TTT, onde fiz dupla mista e corri 41 km em um pace mais lento do que esperava, mas garantimos o terceiro lugar geral nas duplas mistas. Esta prova me motivou a estrear na maratona. Até este momento não tive treinador nem assessoria. Corria de teimosa mesmo. Resolvi que era o momento de ter um treino orientado para a maratona e chamei o Raul Fiovaranti, que também é meu treinador da natação e um excelente corredor, para formular a planilha.

Como Raul já acompanha minha rotina na piscina e já me passava dicas nos treinos de corrida, confiei plenamente no trabalho dele. O treino não vem por planilha, vem semanalmente por mensagem de whatsapp. Todo domingo à noite, desde março. Treino corrida três vezes por semana. Rodagem, pista, ritmo e o longo nos finais de semana. No último sábado, por exemplo, fui campeã em dupla mista na Wine Run.

Com o passar do tempo, os treinos foram ficando mais confortáveis e a chegada do frio em Porto Alegre tem ajudado bastante nisso. Passei a me habituar aos treinos longos e manter um bom ritmo (para os meus padrões) e evito todos os treinos de pista que posso! Realmente não gosto, mas cumpro. Não treino em esteira, não reduzi a rotina de natação e mantenho a musculação três vezes por semana. Em resumo, treino em media 2h30 por dia, seis vezes por semana. Geralmente, o domingo é o dia da folga, mas as vezes eu mato a folga!

CREstou ansiosa para minha primeira maratona, mas não tenho grandes pretensões de performance. Acho que ter cautela será importante. Apenas quero manter um pace (agora que eu já sei o que é!) honesto em relação aos meus treinos e fazer uma boa prova, ter aquela sensação de missão cumprida.

Muitas pessoas dizem que gostariam de ter minha disposição. Detesto decepcionar, mas não tenho disposição, acho que disposição é uma coisa que se arruma quando se deseja algo. Na maioria das vezes, saio para treinar me arrastando, mas dedico a mesma disciplina aos treinos que dedico ao meu trabalho. Acho tempo para conciliar treinos, trabalho, doutorado e para mais um monte de coisa. O esporte proporciona muito autoconhecimento, muitos desafios. A corrida é muito democrática e todo mundo pode correr junto a mesma prova. Profissionais experientes irão a cruzar a mesma linha de chegada que eu que farei pela primeira vez. Acima de tudo, acho essa a grande energia da maratona.”

Postado em: Rumo a Porto Alegre por André Savazoni às 13:15
1 comentário »

23/maio/2016

Rumo a Porto Alegre: a medalha dos 42 km na 33ª edição

A organização da 33ª edição da Maratona de Porto Alegre, marcada para o dia 12 de junho, divulgou oficialmente hoje a medalha dos 42 km.
Leia mais>>>


23/maio/2016

Rumo a Porto Alegre: treinamento de força em prova outdoor

Correr no asfalto o tempo todo, cansa.
Leia mais>>>


20/maio/2016

Rumo a Porto Alegre: camisa da maratona é divulgada

A camisa da 33ª edição da Maratona Internacional de Porto Alegre, marcada para o dia 12 de junho, será verde (conforme a foto acima).
Leia mais>>>


16/maio/2016

Rumo a Porto Alegre: Claudia Andrade e o coração acelerado para a estreia nos 42 km

Claudia Andrade, de 41 anos, se prepara para estrear nas maratonas em Porto Alegre, no dia 12 de junho.
Leia mais>>>


13/maio/2016

Rumo a Porto Alegre: tecnologia de ponta na Olimpíada do Rio

No meio do caminho da preparação para Porto Alegre, que segue em ritmo lento pela falta de tempo de treinar como eu gostaria, um dia diferente, no Rio de Janeiro, conhecendo a pista olímpica do Engenhão (que terá como evento-teste o Ibero-Americano deste sábado a segunda-feira) e a tecnologia de ponta desenvolvida pela empresa suíça Omega para a cronometragem do atletismo, em especial das provas de velocidade.
Leia mais>>>


« Mais Antigos

// outros blogs //

Últimas

De São Pedro a Brotas, Ultramaratona tem a primeira edição>> LER POST

Blog da CR

CR na feira da entrega dos kits da Maratona do Rio>> LER POST

Corrida Viva

Paulo Roberto marca 1h 04 na República Tcheca.>> LER POST

Linhas de Chegada

Check-up completo>> LER POST

Publicidade

TRISHOES

Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados