Revista Contra-Relógio

Yara Achôa é jornalista, mãe e corredora. E depois de sua maratona sub-4, vem se achando a tal! Ama correr no asfalto, mas também adora uma aventura na montanha.

… 1h41m, mais uma vez…

23/abril/2012

Quantos quilômetros cabem em 1h41m? Esse tempo “me persegue” em várias distâncias. Reparei nisso um tempo atrás. Veja só:

Volta da Pampulha (em 5 de dezembro de 2010) 18K = 1h41

Volta ao Cristo (em 30 de janeiro de 2011) 16K = 1h41

Volta a Ilha, trecho do Morro maldito (em 30 de abril de 2011) 15K = 1h41

Treino na USP (em 11 de junho de 2011) 17K = 1h41m

E também foi em 1h41m que fechei as 10 Milhas Mizuno (16K) no último domingo.

Prova bem organizada, distância “tranquila”, percurso praticamente plano, clima perfeito para correr… Só eu não estava muito bem. Na semana passada uma ameaça de gripe foi me tirando o sossego. E claro que a ameaça se concretizou no sábado, véspera de prova.

Para combater a dor de garganta, antiinflamatório; para amenizar os sintomas da gripe, antigripal. Não fazer a prova não estava em meus planos.

Mas no dia, na hora de correr pra valer, senti que não ia ser bem como eu queria. A expectativa era fazer pelo menos 6 minutos por quilômetro, fechando em torno de 1h36m. Comecei conservadora, mais lenta, tentei apertar em alguns momentos e “reclamei” o tempo todo com o Guto, meu marido, também corredor.

Tive vontade de mudar para o percurso de 5 milhas, pensei em dar uma paradinha na ambulância (não era pra tanto, mas eu fiz fita quando vi a equipe médica), cheguei a dar uma caminhadinha…

O Guto estava em um dia muito bom e poderia ter corrido bem melhor, mas me acompanhou e, com a maior paciência do mundo, me incentivou a continuar. E terminamos juntos mais uma prova.

Juntando o esforço físico, a roupa molhada e a garoa que tomei, a gripe baixou de vez. Hoje estou um bagaço. Muito chazinho, mais antigripal, descanso… Só sei que quero melhorar para estar bem nas próximas.

***

Em tempo 1: minha luta para perder uns quilinhos continua. Mas está difícil. Alguns dias eu noto uma ligeira queda nos números da balança, mas depois volta tudo ao “normal”. Até óleo de coco estou tomando. No começo parece que deu uma ajuda. Agora estagnou. Tenho conversado com muita gente, sei do lance da idade, dos hormônios… Mas eu preciso emagrecer um pouco para voltar a correr mais leve.

Em tempo 2: a Maratona de Boston já passou, eu não corri, mas não dá para dizer que eu não fiquei um pouquinho triste de não poder ter ido. Soube do calor infernal, soube que muitos corredores desistiram. Muita gente falou “ainda bem que você não foi”… Mas ficou a frustração. Outro dia, conversando com a Martha Dallari (vice-presidente da ATC e uma pessoa ótima para conversar sobre corrida e sobre a vida), ela me disse que a gente tem que viver um pouquinho esse sentimento da frustração. E é isso. Pronto. Vivi. E agora já passou. Os treinos continuam e próximos desafios virão.

Postado em: Atualidade, Depoimento, Prova por Yara Achôa às 19:57
10 comentários »

6/dezembro/2011

… e ela me alcançou…

No ano passado, em uma corrida de 5km, corremos juntas.
Leia mais>>>


1/dezembro/2011

Correr ou treinar?

Sempre que encontro um amigo que não vejo há algum tempo, ouço a pergunta: “Está treinando muito?” Ultimamente a minha resposta tem sido: “Continuo correndo, mas não exatamente treinando”.
Leia mais>>>


23/setembro/2011

De sedentária a Boston

Em um dos primeiros treinos que fiz na vida, com a equipe MPR, lembro de ter ouvido alguns alunos comentando sobre a Maratona de Nova York, a Maratona de Berlin.
Leia mais>>>


17/junho/2011

… o “morro maldito” de Floripa…

É, eu sei.
Leia mais>>>


20/abril/2011

… desbravei a Ponte Rio-Niterói …

Antes de começar o relato, aviso: se eu for levar em consideração o tempo final, perdi e perdi feio o “Desafio dos Achôa”, brincadeira que criei entre meus irmãos que também correram uma Meia Maratona recentemente.
Leia mais>>>


4/abril/2011

… revisitando as montanhas…

Um ano depois, eis que voltei à Corrida de Montanha de Paranapiacaba.
Leia mais>>>


8/março/2011

… nem parece que você está em São Paulo…

Considero o Parque do Ibirapuera "meu quintal".
Leia mais>>>


9/janeiro/2011

… com muito atraso, a minha São Silvestre…

A primeira vez que pensei em correr a São Silvestre foi em 2006.
Leia mais>>>


23/dezembro/2010

… a São Silvestre, as medalhas, a explicação oficial, o Twitter e eu…

Aconteceu ontem a coletiva da São Silvestre 2010 para apresentar as novidades da prova: chip descartável, medalha já no kit, vídeos de chegada para download gratuito, assim como um certificado de conclusão digital e foto de chegada à venda.
Leia mais>>>


« Mais Antigos

// outros blogs //

Últimas

Já treinando em Londres, Mo Farah foca nas maratonas em 2018>> LER POST

Blog da CR

CR na feira da entrega dos kits da Volta da Pampulha>> LER POST

Na Corrida

Valorize o tempo que você fez!>> LER POST

Linhas de Chegada

Treino para Maratona gera RP nos 10km>> LER POST

Vida Corrida

Sub 3h: Cristiano Bedin da Costa, atleta solitário na Comunidade Autônoma de Cronópios, conta sua história em Buenos Aires>> LER POST

Publicidade

My Running Book

Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados