Revista Contra-Relógio

Yara Achôa é jornalista, mãe e corredora. E depois de sua maratona sub-4, vem se achando a tal! Ama correr no asfalto, mas também adora uma aventura na montanha.

// Eu corro porque…/

De sedentária a Boston

23/setembro/2011

Em um dos primeiros treinos que fiz na vida, com a equipe MPR, lembro de ter ouvido alguns alunos comentando sobre a Maratona de Nova York, a Maratona de Berlin… E pensei: “O que essa gente está falando? Acho que estou no lugar errado!”

Com quase 10 quilos a mais do que seria meu peso ideal e dando os primeiros passos contra o sedentarismo dos últimos anos, eu nunca poderia imaginar que seis anos depois estaria inscrita na Maratona de Boston. Sim, a Maratona que exige tempo qualificatório para você possa estar na linha de largada.

E eu consegui o tal índice. Não que eu seja uma corredora super veloz, mas acho que sou esforçada. Ou pelo menos fui muito esforçada no ano passado, correndo a Maratona de Buenos Aires em 3h53m – tempo mais do que suficiente para estar em Boston em 2012 (o índice era 4 horas na minha faixa etária).

Na verdade eu nem pensava em Boston quando corri Buenos Aires. A americana sempre me pareceu uma maratona distante, para não dizer impossível. Na Argentina meu objetivo era fazer sub 4 horas. Então fui lá e fiz. Foi uma das maiores alegrias da minha vida de corredora.

Em abril, precisamente durante a Volta a Ilha em Floripa, em um papo com minha amiga Andrea Longhi, ela sugeriu que eu olhasse o site de Boston porque achava que meu tempo poderia valer.

Olhei o regulamento, li, reli, mandei e-mail para minha outra amiga, a Fernanda Paradizo, para saber se eu tinha entendido direito as regras… E, sim, meu tempo em BsAs, conquistado em 2010, valia para a inscrição em 2012 na minha categoria. Naquele dia marquei na agenda: 16 de setembro – inscrição para a Maratona de Boston.

E o dia chegou. Inscrição feita de maneira tranquila. Era só aguardar a checagem do tempo.

Na segunda-feira, dia 19, recebi o e-mail confirmando: “Dear Yara A. Achoa, this is to notify you that your entry into the 116th Boston Marathon on Monday, April 16, 2012 has been accepted”.

Passei o dia rindo a toa. Comemorei. Senti orgulho de mim mesma. Afinal, minha vida é muito, mas muito corrida e me manter (e evoluir) no esporte não é tarefa fácil. Também não tenho o biotipo ideal para a corrida e nem tenho grande histórico esportivo (corro só há seis anos, antes mal frequentava uma academia).

Trabalho de 10 a 12 horas por dia. Tenho uma casa pra administrar. Tenho dois filhos, um namorado, uma mãe, uma cachorra – todos precisando de um pouco de atenção. Minha lista de tarefas diárias é enorme e o tempo “conspira” contra.

Faço verdadeiros malabarismos para manter minha corrida – porém às vezes é muito difícil cumprir treinos. Esse ano, em especial, a coisa deu uma desandada. Mas eu não desisto. Me angustia essa correria toda, essa falta de rotina para os treinos, esse rearranjar de horários diariamente, mas vou fazendo o que posso. Só sei que, apesar de tudo, estou em Boston.

A Maratona de Boston é especial. Comparo como um vestibular difícil de passar. E eu passei. Resta agora “estudar” direitinho nos próximos sete meses e curtir mais essa emoção.

2011 foi um ano de ajustes na minha vida – e ainda não terminei tudo o que precisa ser ajustado. Um desses ajustes foi ter desistido da Maratona de Berlin e optado pela Meia Maratona de Londres, que é daqui duas semanas. Esse será o ponto alto do ano em minhas corridas. Mas Londres merece um post especial. Semana que vem eu conto mais sobre minhas expectativas para lá.

Postado em: Atualidade, Depoimento, Planos, Reflexão por Yara Achôa às 9:43

17 Respostas para “De sedentária a Boston”

  1. Parabéns, amigaaaa!
    Muita sorte lá em Boston.
    Também vivo como vc, numa correria só, mas, a perspectiva é de que tudo melhore no ano que vem.
    To confirmada nos 600K da Nike, super ansiosa!!!
    Preciso de dicas suas.
    bjos

  2. Show de bola Yara, parabéns! Essa aventura está no meu calendário para os próximos anos…ainda tenho um longo caminho, mas sigo firme!
    http://correrparacrer.wordpress.com

  3. Li seu post e me identifiquei totalmente, não que eu vá correr Boston… mas por encaixar a corrida no meio de tantas coisas a resolver e ainda por cima conseguir ser boa nisto! Parabéns Yara!! Sou sua fã!!

    beijão

  4. Parabens Yara. Uso seu exemplo pra tentar realizar um sonho, q nao e o indice para boston, impossivel p mim, mas fazer uma maratona sub4. Tb tenho 50 min nos 10k e 1h50 na meia, mas quando dobro a distancia so consegui 4h17. Quem sabe um dia chego lá.

  5. orgulho de vc!
    obrigada pelo incentivo….
    um beijo

  6. Boa sorte em Boston e em Londres. Eu também tinha uma data marcada em meu calendário: 19/09, dia em que eu poderia me inscrever para Boston (meu tempo: 3h10min, limite para minha faixa etária), mas por questões financeiras tive que desistir (depois de calcular, recalcular, … e recalcular inúmeras vezes cortando todas as despesas desnecessárias). Ainda quero muito fazer essa prova. Quem sabe ano que vem concretizo a inscrição para correr em 2013….

  7. Meus parabéns, manter os treinos mesmo com uma rotina que só mulher entende não é fácil.
    Parabéns,
    Beijos
    Yara (também)

  8. Parabéns, Yara!
    A nossa luta contra o tempo é eterna. Conciliar treinos com tudo que a rotina exige, enquanto indiferente passa o tempo, já é uma grande vitória. Além disso ter a felicidade, saúde e a competência para atender as qualificações necessárias para estar em Boston, é coisa para ser orgulhar mesmo. Parabéns!

  9. Parabéns, Yara! Fico feliz com essa sua conquista. Muitas outras virão, pois você reúne as qualidades necessárias para isso.

  10. #aisim!!! Missão cumprida!!!
    bj
    Colucci

  11. Parabéns Yara,
    Um dia ainda corro uma maratona.
    Boa sorte em Boston.
    Seu relato serve de inspiração a muitas pessoas. Continue sempre firme.

    Ass: Ivan

  12. Parabéns pela inscrição para a Maratona em Boston! Esta tem um “vestibular” super-difícil mesmo! Agora que você passou, tem que ir lá buscar o “diploma”! Estamos na torcida!!!

  13. ai vai meus parabens a Yara grande fortaleza e que o senhor Deus a cada dia te fortaleca e te de muita resistencia aproveito ainda para parabenizar a revista contra relogio pelo excelente trabalho e aproveito para enviar sites amigos http://www.corredoresdorecife.com.br clique sites de corridas http://www.casadocorredor.com.br clique mural de recados comente as noticias e envie tambem http://www.zonaalvo.com.br/recados http://www.runnersworld.abril.com.br clique notascorridas comente as noticias e envie tambem. Atenciosamente Elivan(ciclista/Ultramaratonista natural de Bananeiras/Pb residente em Joao Pessoa.

  14. Yara, lembro de ter lido seu relato sobre a maratona de BA na revista CR, e também da sua felicidade ao conseguir o tempo sub4.
    Mas o seu caso é peculiar, pois se preparou para um objetivo e de quebra atingiu outro (que nem era objetivo). Você acabou sendo poupada do “stress” de ter de se preparar com foco específico para Boston.
    Sinceramente, não tenho pretensão de correr Boston. Todavia, tenho intenção de correr uma maratona num tempo “poderoso”. Ou seja, se um dia eu conseguir um tempo “bala” na maratona, e que isso venha a me credenciar para se inscrever em Boston não irei reclamar.
    Força em Boston!

  15. Yara,
    Parabens,eu sabia!!!

  16. Yara, parabéns por Boston e espero te encontrar em Londres. Eu ainda não enfrentei os 42 km, mas uma luzinha se acendeu um dia quando pensei que poderia comemorar meus 50 anos com uma maratona, o que seria exatamente daqui 2 anos. Como tb sofro dos seus males (vida corrida, filhos, etc etc) vou usar seu exemplo para, quem sabe, realizar esse sonho. Por enquanto, acho a distância coisa de maluco ou de quem tem um passado glorioso nesse esporte, o que tb não é o meu caso (corro há apenas quatro, apesar de ter histórico de atividade física a vida toda). Quem sabe, né? Até Londres! Uma boa prova pra nós!!

  17. […] De sedentária a Boston […]

Deixe o seu comentário

// outros blogs //

Últimas

Inscrições seguem abertas para a Maratona do Rio de Janeiro>> LER POST

Blog da CR

CR na feira da entrega dos kits da São Silvestre>> LER POST

Na Corrida

Uma imersão cultura e experiência única no Deserto do Saara>> LER POST

Linhas de Chegada

Treino para Maratona gera RP nos 10km>> LER POST

Vida Corrida

Sub 3h: Cristiano Bedin da Costa, atleta solitário na Comunidade Autônoma de Cronópios, conta sua história em Buenos Aires>> LER POST

Publicidade

My Running Book

Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados