Revista Contra-Relógio

Vicent Sobrinho é jornalista e desde que correu sua primeira corrida de rua, em abril de 1979, nunca mais parou. Dos 100 m à Maratona, já fez mais de 600 provas.

// Corrida Viva/

São Silvestre “Bananalizando” a medalha

16/dezembro/2010

Medalha Garantida. Mesmo sem correr...Agora após os 15k você com certeza ganhará Bananas!

Hoje seria o dia da QUINTA CORRIDA – Uma poesia no meio da semana, coluna que eu publico uma poesia ou crônica sobre o nosso tema preferido A CORRIDA – Só que nesse instante vivo uma antagônica situação. Porque tenho pronta uma suave crônica sobre a vitória e a conquista que iria inserir hoje no Post… mas,  a tristeza da notícia que me atropelou à pouco é mais forte me obriga a destituir a  crônica por palavras amargas sobre a atitude dos organizadores em entregar a medalha antes da corrida, no Kit da São Silvestre. Isso antes de corrê-la?Antes de completar o percurso!?
RIDICULO!
Situação que deixa a medalha comparada a mera mercadoria, um “chaveiro”, brinde  ou “souvenir” isso não pode ser chamado de medalha. E mais, é  comprada e não conquistada. Basta o sujeito não completar o percurso e pronto… referendada a compra.  Ah… se ele não quiser aparecer e ao dobrar a esquina após retirar o kit -  já é automaticamente um medalhista da São Silvestre, pode sair por ai contando vantagem e até tirando com a cara de quem treinou, pagou assessoria, foi ao ortopedista, nutricionista, ou simplesmente se matou nas duras subidas para completar a prova, isso vale para o 6º colocado, até o último a completar- todos terão a mesma medalha.
Porque nunca se pesquisa na comunidade dos corredores? Afinal não seria mais interessante que retornasse aos bons tempos quando a São Silvestre oferecia medalhas só para os 300 ou 500 primeiros?  Até então, mesmo oferecendo as medalhas aos que concluirem pelo menos  faz merecedor quem recebe a ganha no final. Será que é apenas a economia na mão de obra de uma dezena de staffs para entregar as medalhas que tomara essa atitude? Numa tradicional corrida de 10k que participei em Julho – ao entregar o chip pos prova recebi o lanche e dentro veio a medalha junto com a banana. Logo pensei. Bons tempos àqueles que cruzávamos a reta de chegada e um voluntário apertava nossa mão e colocava a medalha em nosso pescoço. Sublime momento de reconhecimento pelo esforço e persistencia em competir, buscar um melhor resultado, ou simplesmente completar uma maratona.

Tenho mais de 30 anos de corrida, mais de 600 provas. Mas, hoje, essa atitude me deixa triste, visto que fiz minha 1ª São Silvestre em 1980 e sinceramente. Para quem gosta do esporte, de competir, qual será a diferença correr ou não?
Para 2011 -  A comunidade dos corredores deve exigir dos organizadores maior atenção ao corredor,  inclusão de categorias, medalhas entregues só após completar o percurso e que para os que querem competir, medalhas diferenciadas aos 100 primeiros e não as de finisher. Afinal o 6º e o último a completar recebem o mesmo? Sendo que um grande número de participantes gosta de competir e investe e treina para isso. Apenas mudando a cor da medalha já é uma diferenciação.


Ganhar a medalha no kit, dias antes da prova…  Essa é de amargar!

Abaixo  leia a reclamação que publiquei  como resposta no Blog da GAZETA NET -

É uma atitude desmotivadora entregar a medalha no KIT. Seria melhor não entregar medalha nenhuma.. pois isso desmonta o espírito competitivo em detrimento apenas do participativo… logo .. logo a São Silvestre se resumirá apenas nos poucos corredores de elite e virará uma grande caminhada… Péssima idéia.
Por favor revejam isso… Medalha só para quem completa… senão a mesma será um brinde, um chaveiro não uma medalha. Não matem a competitividade, não matém as corridas dentro da corrida.

Postado em: Depoimento, Eventos_Corrida por Vicent Sobrinho às 18:15

37 Respostas para “São Silvestre “Bananalizando” a medalha”

  1. Com certeza isso é ridiculo o que a Yescom fará, os corredores anônimos é que fazem a festa então ela não pode nos tratar assim dessa maneira, temos que reinvindicar, temos que protestar, um absurdo isso. Vicent vamos agitar e cobrar da organização que tal fazermos uma faixa e estender em frente ao palco na Av. Paulista…Alguma coisa tem que se fazer. Não podemos deixar que isso aconteça.
    Um abraço.

  2. Apoiado, Vicent! É um gesto simbólico, mas que parecer dizer muito sobre o que pensam alguns organizadores a respeito daqueles que participam de suas provas. Meros consumidores. Pode até ser que haja, láááá no fundo, boa intenção em tentar diminuir um pouco a confusão. Mas acho pragmatismo demais para uma prova que, apesar dos pesares, representa muito para aqueles que praticam o nosso esporte. Espero que nos façamos ouvir (não estarei nesta edição, mas dou todo apoio às manifestações) e, quem sabe, possamos sensibilizar os responsáveis, mostrarmos o verdadeiro tiro no pé que eles estão dando com essa medida.

    Grande abraço!

    Fábio Namiuti
    http://www.fabionamiuti.hd1.com.br

  3. Me simpatizo com a idéia de limitar a medalha a 200, 300 ou até uns 2000 atletas (10%), mas acho que se houver uma votação entre os inscritos, se preferem isso ou receber medalha no kit, acho que a segunda opção vence de lavada. Com meu ritmo de 6 minutos/km, voltaria de mão abandonando, mas com a satisfação “pura” de ter terminado mais uma SS, sem ser poluída pela satisfação materialista da medalha de participação.
    Sobre este assunto em si, pretendo opinar depois de ver a porcentagem de desistência, na lista de resultados.
    Curioso que não vi ninguém reclamar do D-Tag, com a infeliz tradução de “chip descartavel”. Além da possibilidade de ser desastroso para o ambiente, se descartada de forma irresponsável, é uma tecnologia que deve reduzir bem os prejuizos das empresas organizadoras. Mas o “desconto” não costuma ser repassado para os corredores. Até parece que provas com essa “tecnologia de ponta” acham no direito de cobrar inscrições mais caras!
    Grande abraço!

  4. Vicent,
    Infelizmente, a incapacidade dos não corredores que organizam nossas corridas faz com que os corredores paguem os “MICOS”.
    Mas, enquanto as incrições com preço ABSURDO como a São Silvestre continuar esgotando um mês antes, eles continuarão maltratando quem paga a conta.
    Por isso meu 2010 foi perfeito, corri 40 corridas e NEM UMA da Yescom.

    Boicote é a palavra! União é o que precisamos.

    Abraço
    Colucci
    @antoniocolucci

  5. Pra mim tanto faz.

    Já que as corridas de rua estão totalmente “comercilalizadas” e os corredores exigem kits e presentinhos e se denominam “consumidores”, não vejo nada de errado em pegar a medalha antes da corrida.

    Por exemplo, a Corpore todo ano promove um “saldão” com todas as camisetas de corrida daquele ano, quem quiser uma é só ir lá e comprar baratinho.
    Já que as corridas de rua estão totalmente “comercilalizadas” e os corredores exigem kits e presentinhos e se denominam “consumidores”, não vejo nada de errado em pegar a medalha antes da corrida.

  6. Era só o que faltava! Não bastando a falta de atrativos e o preço absurdo cobrado, ainda mais essa pérola.

    Correr essa prova esta se tornando cada vez mais difícil, sinceramente é muita palhaçada, ou melhor, estamos todos no meio desse circo!

    Abçs

    Carlão
    @carlaocaninha44

  7. Vicent,estou indignada será minha primeira São Silvestre e seu post foi um balde de água fria em toda minha preparação e ansiedade por esta prova receber a medalha antecipada perde todo o encanto da conquista!

    Um grande abraço
    @fabirunning

  8. Vicent é lamentável tal situação. Desde 2007 não corro a SS por ter percebido que a falta de respeito com o corredor é uma coisa latente da organização, não vou me estender aqui sobre estas questões que são bem pessoais. Porém, medalha no kit? Faça me o favor, qual será o próximo passo? Por alguns reais a mais daqui a pouco a organização disponibilizará um atleta pra correr no seu lugar, enquanto você fica aguardando numa sala com ar condicionado, suquinho gelado, etc. etc… Não sabemos exatamente o que leva a organização a tomar uma atitude desta. Mas ao meu ver é meramente mercantilista! Digo NÃO a este negócio! Corro, por mim, pela minha saúde, pelo meu prazer!

    Abraços e sem protestar não iremos demonstrar nossa insatisfação!

    Luiz

  9. Rídiculo!!! Essa será minha primeira e já vou enfrenter essa decepção…

    Abraços

    Lika

  10. Fabiana, se você ficou indignada… imagine eu, que corri em 1980,1983,1985….1998…2006…2008… e parei… pq realmente dessa vez foi a gota d´água de desrespeito ao corredor! Desculpe querida amiga corredora, essa é sua 1ª vez na prova, você se encantará com as pessoas correndo junto contigo, com a dureza do percurso, com o final da subida da Brigadeiro e o retão final na Av Paulista… mas ao cruzar a chegada… não irá receber a medalha… pois vc pegou dias antes… Tirou a graça do que já estava ficando ruim… a São Silvestre não é a corrida que mais respeita o corredor,e há muito tempo! Se puder leia a Contra Relogio de Dezembro, lá entrevistei o José João da Silva e conto um pouco a história de como era bom correr essa importante prova. Não desanime, corra esse ano, corra por você e por quem você ama.. e te ama. Faça a São Silvestre com o coração e depois você me conta como foi. Bjs

  11. Luiz, como você já é um corredor maduro e veterano talvez não se surpreenda mais com o descaso que sofremos nessa corrida. O que nos resta é torcer e acreditar que os organizadores irão melhorar. Porque hoje os corredores estão muito mais ligados, pelas redes sociais e estão atentos aos movimentos. Então… vamos aguardar! abçs e obrigado pela visita

  12. Adorei o bananalizando. Muito apropriado!

    Espero que a mobilização ocorra e que haja algum impacto positivo para os corredores.

    Abs, Shigueo

  13. A título de colaboração, a resposta que eu recebi da Yescom, após questionar esse procedimento. Para mim, uma resposta à altura dessa idéia (ou seja, de baixo nível):

    “Prezado Participante,

    Agradecemos o seu contato com a Organização.
    Em resposta a sua solicitação esclarecemos que:
    Com o objetivo de oferecer segurança e conforto aos corredores no término da prova e um fluxo adequado na dispersão entregaremos a medalha junto com o kit de participação e usaremos o chip descartável.

    A região da Avenida Paulista recebe dois grandes eventos, sendo eles o Reveillon e a São Silvestre além de diversas atividades relacionadas ao Natal para tanto estamos buscando oferecer conforto e segurança aos corredores.

    É importante ficar atento aos novos horários de interdição e localização dos serviços, pontos de largada e chegada, horários de entrega de kit de participação, postos de hidratação e atendimento médico.

    Não serão entregues kits no dia da prova.

    Qualquer dúvida, estamos a sua disposição.

    Obrigado.

    Atenciosamente,
    Yescom/ Organização Técnica”

  14. É o cúmulo da palhaçada, e mais uma vez a Yescom está no pódio das baixarias. Já não chega no ano passado onde quase faltou água debaixo daquele calor todo, agora temos o descaso de levar a medalha para casa junto com o kit!
    Muito provavelmente é a última vez que participo.

  15. Vicent,

    Aproximadamente há 1 ano atrás, tive o prazer de conversar com vc ao retirar o meu kit para minha 1a São Silvestre.. Vc me falou da decepção q foi com a organização em 2008, enfim… E apesar de muito sofrer com meu joelho naquela prova, praticamente me arrastando de dor por 5 Km, e vendo meu tempo ir por água abaixo, eu cheguei e recebi minha tão suada medalha!! Este ano pretendo correr por fora, e já sabia que na chegada o mais importante seria receber o bjo da minha namorada, mas fico triste por ver a que ponto chegaram as relações comerciais e/ou logísticas em detrimento das nossas corridas.. Decepcionante.. Enfim, um abraço e parabéns pelo texto!!

    @DaniloCatelli

  16. [...] This post was mentioned on Twitter by cristine tellier and others. cristine tellier said: RT @zeqcorre: Kd o espirito esportivo?!? RT @VicentSobrinho: Corrida viva » São Silvestre “Bananalizando” a medalha http://t.co/ugQSxZj [...]

  17. Caro Amigo corredor Danilo. Se você está triste, imagine eu que corri essa brilhante prova há 30 anos atrás, quando era noturna, não se ganhava nada na chegada, mas, o prazer de corrê-la era indescritível, também não se cobrava nada e dava para fazer inscrição 3 horas antes da largada, corriam 6000 corredores. E não havia tumulto no final, como não houve nos últimos anos. Infelizmente a sanha de alguns prejudica a maior corrida do Brasil apenas para ganhar tempo na dispersão? Que desculpa mais mau lavada…, era só colocar a entrega na rua de trás, foi cruel essa atitude e desrespeito aos corredores. NOVIDADE das ruins.. quiseram inovar e não aceitam voltar atrás… se vc mandar um e-mail pedindo para retornarem sentirá um dedo em riste dizendo… Jà está feito e assim será! Lógico que isso só veio depois que já estavam fechadas as inscriçoes, pois de outra maneira os corredores pensariam 2 vezes antes de se inscreverem. É isso, abraços e obrigado por acompanhar o BLOG> Viva Corrida

  18. Realmente é lamentável a entrega da medalha antes da realização da prova. Ao meu ver devem receber as medalhas todos aqueles que suaram a camisa percorrendo cada centímetro do percurso, superando várias adversidades tanto no dia da prova quanto nos treinamentos. entregá-la antes tira todo o sentido da premiação.

  19. Enquantos não houver união entre os corredores ficaremos a merce dos organizadores.
    E a cada prova será uma surpresa igual a essa.

    VAMOS NOS UNIR E EXIGIR NOSSOS DIRETOS!!!

    #CorredoresUnidosCorremMelhor

    @angelocorredor

  20. Palhaçacada.. Sabe o que todos nós “medalhistas” deveriamos fazer? Chegamos no dia com a medalha no peito, e jogamos ela fora no chão, em um só local, até que forme um monte. E ai chama a Globo pra filmar essa vergonha.

  21. Pois é, em 2008 foi minha ultima SS, estava se tornando para mim insuportável o pouco caso da Yescom/Globo para com os corredores. Agora eles mandam um e-mail padrão dizendo: “…conforto e segurança…” agora eu pergunto, se eles querem proporcionar “… conforto e segurança…”:
    Por que não fazem a largada pela manhã?
    Por que não separa os atletas por baias e por ritmo?
    Por que não fazem a largada feminina bem antes da masculina? ( eu fico imaginando os pais, maridos, namorados e etc, o que eles devem pensar de suas mulheres largando no meio do povão e todo mundo se acotovelando)
    Por que do valor da inscrição tão alto com tão pouco retorno?
    É meus amigos, a Yescom é uma empresa de “Marketing Esportivo” e não estão nem aí para os atletas.
    Se a moda pega…. vai ter um monte de gente dizendo que correu a Maratona de São Paulo….

  22. sinceramente vejo que a corrida e o esporte perderam muito com essa atitude.
    participo de corridas desde 1992. eram poucas provas,poucas inscriçoes mas muitas gratuitas.
    de lá para cá muita coisa mudou. muitas corridas ,mais participantes por provas, medalaha para todos ( muitas provas que participei as medalhas eram apenas para os 100 primeiros). acho que todos devem ganhar uma medalha pela sua conquista pessoal mas no mínimo precisam correr.

  23. Realmente várias coisas tem que ser repensadas. Com toda certeza, todos nós que estamos aqui comentando já gastamos muita sola de tênis e sabemos dar valor a cada conquista em cada prova. Infelizmente a corrida de rua virou uma espécie de “modinha” em que 90% dos inscritos não treinam como deveriam (com regularidade e sob supervisão de um professor de Educação Física)e estão lá só para pegar a medalha e sair mostrando para os outros. Mas também felizmente estamos tendo a chance de difundir o esporte e temos o dever de conscientizar aqueles que estão começando dos verdadeiros valores de um corredor.

  24. Querem liberar a Paulista rapidinho pro show da virada?
    Que tal agente que vai correr chegar bem na curva da Brigadeiro e Paulista e ficar ali,esperando ate dar a hora maxima da prova, ai vamos andando ate a linha de chegada. Medalha no lixo e tchau.

  25. Bom, o que vocês esperam de uma “organização” que, por conta de uma transmissão *ridícula* pela televisão, obriga os corredores a iniciarem uma meia-maratona no Rio de Janeiro às 9:30 da manhã, ou uma corrida de 18 km em Belo Horizonte, em *dezembro*, entre as 9 e as 10 da manhã ? Este ano na Volta da Pampulha muitos corredores passaram mal com o calor (eu conheço dois, corredores experientes e bem treinados por sinal). Há dois ou três anos atrás eles chegaram a atrasar a largada da VP em mais de meia hora por conta de um jogo de vôlei que demorou mais do que o previsto pra terminar. Eu estava assistindo de casa, e jurei pra mim mesmo que nunca mais correria provas organizadas pela Yescom enquanto eles nao antecipassem a largada para, no mínimo, as 8:00hs, e organizarem por tempo previsto.

  26. Haverá em breve a seguinte proposta.

    A São Silvestre será dia 30 e o preço da inscrição cairá pela metade.

    Terão aí quebrado a maior tradição esportiva deste país.

    Nenhuma guerra parou a São Silvestre, o Interesse mesquinho da Yescom e os que estão a ela associoados caminham para isso.

    Eu não consumo produtos de empresas ligadas a Yescom.

  27. dán logo o trofeu pro queniano tbm

  28. NÃO ME SURPREENDE EM NADA, NA MARATONA DE SAO PAULO DESTE ANO AO COMPLETAR A PROVA RECEBI A MEDALHA DENTRO DA EMBALAGEM, QUANDO O MAIS CORRETO SERIA UM STAFF NOS PARABENIZAR E COLOCA-LA EM NOSSO PESCOÇO, PREMIANDO ASSIM TODA NOSSA DEDICAÇÃO.

  29. É realmente desanimou… Fui buscar o kit e trouxe uma medalha de lembrança da prova, que não irei correr… Perdeu a graça… Desculpem-me os competidores que participarão e boa sorte.

  30. É uma vergonha, uma total inversão de valores. Só deve receber a medalha quem treina duro e termina a prova.Quem não se lembra dos palhaços que cortavam caminho e hoje não podem mais fazer isso graças ao uso do Chip?

  31. Eu corro pela satisfaçao de participar da prova ,e nao pela medalha ( estao em uma caixa de sapato ) .O que tem valor para mim sao as lembranças dos momentos VIVIDOS durante a prova , estes eu posso contar pra todo mundo , e nao andar com um monte de medalhas no bolso .

  32. No lugar de se preocupar com medalha , podiamos nos preocupar com o lixo gerado dos copos de agua ,que entopem os bueiros ; e de facil soluçao com algumas “latas de copos” pertodo postos de hidrataçao

  33. A medalha é um símbolo de conquista, a materialização de um momento, um artefato com um propósito tradicional, e todo esse significado bonito só tem sentido dentro do contexto de um ritual que, no caso, é o ritual de premiação. Entregar a medalha antes da prova é destruir o ritual e invalidar o significado de conquista da medalha. Ou seja: ridículo mesmo!
    Todas as outras questões, como a água e o fato de não se correr pela medalha são exatamente isso: outras questões.

  34. Parabéns, Parabéns, seu trabalho é ótimo.
    Obrigado, meu novo amigo.

    Um Abraço,
    Cleiton

  35. Obrigado pela leitura e fique sempre ligado que terei novidades, Cleiton! E que 2011 seja cheio de conquistas. abçs

  36. É isso mesmo Rodrigo, as medalhas só terão brilho se a conquistarmos. De outra forma nem podem ser consideradas medalhas! abçs e obrigado pela leitura e comentários.

  37. [...] participantes sem as medalhas perceberam que quem realizava a prova estava literalmente “bananalizando a medalha” o que antes era comprovação esportiva servia no momento para transformar os corredores em meros [...]

Deixe o seu comentário

// outros blogs //

Últimas

Meia Internacional do Rio cresce e supera os 13 mil concluintes>> LER POST

Blog da CR

Sorteio de viagem a Santiago, com acompanhante e tudo pago!>> LER POST

Na Corrida

Semana de quilometragem subindo. Longo finalizado>> LER POST

Linhas de Chegada

Meia Internacional do Rio>> LER POST

Operação Queniana Albina

Ser temente>> LER POST

Publicidade

Fisiorun

Publicidade

















11 3031.8664
Rua Hermes Fontes, 67
São Paulo - SP





© 1993 - 2014
Todos os direitos reservados